Mundo

Turista cai enquanto tirava fotos em ponto turístico e morre

Foi a segunda morte registrada na região do parque esta semana

Agência O Globo

Um turista morreu após cair de uma altura de mais de 300 metros enquanto tirava fotos no Grand Canyon, nos Estados Unidos. O homem tropeçou em um barranco próximo a uma das áreas de observação do ponto turístico. Foi a segunda morte registrada na região do parque esta semana. Na terça, um corpo foi encontrado em uma área de floresta próxima.

Segundo o portal "CBS News", o homem, que seria natural de Hong Kong, estaria tirando fotografias no Eagle Point quando tropeçou em um barranco e caiu. No local, há alertas para que os turistas não se aproximem da beira do precipício, que não possui nenhum tipo de barreira. O corpo dele foi encontrado 300 metros abaixo, em uma reserva indígena que fica fora dos limites do parque nacional.

Foto: divulgação
O porta-voz do parque, David Leibowitz, disse à imprensa local que havia poucos visitantes no Eagle Point no momento da queda. O ponto de observação é famoso pela Skywalk, uma passarela de vidro em formato de ferradura utilizada por turistas para fazer fotos. No entanto, Leibowitz afirmou que o homem não caiu da passarela.

Na terça-feira, um corpo foi encontrado em uma área de floresta ao sul da Grand Canyon Village. De acordo com a administração do parque, o corpo estava distante da beira do precipício. A causa da morte ainda é incerta.

O Parque Nacional do Grand Canyon é uma das atrações turísticas mais populares dos Estados Unidos. Somente no ano passado, cerca de 6,4 milhões de turistas visitaram o local.