Mundo

Você acredita? Terraplanistas organizam cruzeiro para ir até a beira da Terra

Integrantes de uma corrente acreditam que o planeta em que habitamos é plano

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Por mais estranho que isso pareça, um grupo de pessoas que integra a Conferência Internacional da Terra Plana (FEIC, sigla em inglês) irá realizar um cruzeiro em 2020 com o objetivo de chegar até a beira da Terra. De acordo com os adeptos desta corrente, o planeta em que habitamos não é esférico e finda em um muro de gelo, divisão com o mundo exterior. As informações são do El País.

Segundo o jornal The Guardian, o  projeto foi anunciado na conferência anual da organização.  O ex-capitão naval Henk Keijer, integrante da FEIC,  contou que os sistemas de navegação foram construídos com a ideia de que a Terra é esférica e que a navegação do cruzeiro seria 'muito complicada' se os participantes discordassem nisso.

“Os navios navegam baseando-se no princípio de que a Terra é redonda. As cartas náuticas são desenhadas com isso em mente: que a Terra é redonda”, disse o ex-capitão. Ele afirmou ainda que os navios possuem “um moderno sistema de navegação que se chama ECDIS, que proporciona uma grande melhora na segurança da navegação”.

Segundo Keijer, a existência do GPS já é uma prova por si só que a o planeta em que habitamos é esférico, já que se baseia na existência de 24 satélites que orbitam a Terra “Se fosse plana, três satélites seriam suficientes para proporcionar os dados”, argumentou.

Há diversas correntes terraplanistas, mas a principal delas diz que a Terra é uma "um disco gigante, com o polo norte no centro e rodeado de um paredão de gelo: a Antártida”.

“Até onde sabemos, ninguém conseguiu ir muito além do muro de gelo e voltou para contar. O que sabemos é que ele cerca a Terra, serve para conter os oceanos e ajuda a nos proteger do que possa haver além dele”, assegura a Flatpedia, a Wikipedia dos simpáticos à teoria.

No entanto, os organizadores da expedição não garantem que eles consigam chegar até o muro de gelo, mas afirmam que serão encontradas fortes 'evidências' de que a terra é plana. Eles garantem também que a experiência será proveitosa e que os integrantes da conferência poderão usufruir de restaurantes e piscina com ondas. No site do evento, não foi publicado ainda o preço da expedição.

No fórum com pessoas que seguem essa corrente, foram publicadas imagens que 'demonstram a existência do muro de gelo'. De acordo com a reportagem do El País, essas fotos mostram apenas lâminas de gelo ártico que, ao se desprenderem, tomam formas semelhantes à muralhas.