Mundo

Youtuber terá que indenizar família de menina que morreu ao reproduzir vídeo viral

Duas meninas, de 12 e 14 anos, tentaram reproduzir o vídeo em que ela fazia pipoca em uma lata de refrigerante; uma delas morreu

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Uma youtuber chinesa conhecida como Ms Yeah, que possui mais de 7 milhões de inscritos no seu canal, terá que indeniza famílias de duas garotas que tentaram reproduzir um vídeo que tinha publicado em sua página no Youtube. Na ocasião, um delas, de 14 anos de idade, morreu e a outra, de 12 anos, teve graves queimaduras. As informações são da BBC.

Foto: Reprodução/Instagram
De acordo com a BBC, elas se acidentaram após tentarem reproduzir um vídeo em que Ms Yeah fazia pipoca em uma lata de refrigerante. As meninas deixaram o álcool em contato com o fogo dentro de duas latas quando o conteúdo explodiu.

A mais velha, conhecida como Zhezhe, morreu em decorrência dos ferimentos. Já Xiaoyu, a mais nova, terá que passar por cirurgias plásticas reparadoras.

O caso ocorreu em agosto, mas Ms Yeah se manifestou publico sobre o assunto no dia 10 de setembro. No post, intitulado "O dia mais sombrio da minha vida", ela contou que as tragédias tinham lhe causado uma 'dor imensa' e pediu desculpas aos fãs.


"Eu usei uma lata e uma lamparina a álcool, que é mais seguro", explicou. "No vídeo delas, podemos ver claramente que elas usam duas latas e nenhuma lamparina", disse a youtuber.