Mapas Juninos

"Daqui a pouco vão tocar Britney Spears no São João", diz músico

Júlio César conversou com o iBahia sobre a importância do forró tradicional e também falou sobre projetos futuros

Redação iBahia
14/06/2016 às 13h45

4 min de leitura
Natural de Alagoinhas, o sanfoneiro Júlio César está entrando em uma fase de consolidação da carreira. O músico conversou com o iBahia nesta terça-feira (14) e falou sobre o forró tradicional, sua importância no cenário nordestino e também contou sobre projetos futuros.Fã declarado de Dominguinhos, César cantou nos 70 anos do músico e também se apresentou na comemoração dos 50 anos do Trio Nordestino. Quando questionado sobre esses dois eventos especiais, ele não escondeu a felicidade. “Foi de grande importância participar desses shows, pois foi uma forma de contribuir com a obra deles nos dias atuais. As músicas Trio Nordestino estão em meu repertório, eles serviram como base na minha formação musical. E Dominguinhos também faz parte dele, tenho uma dedicação especial voltada para sua obra”, conta.

São João
Com a chegada do período junino, o baiano nega que o “forró de raiz”, como também é conhecido, tenha sido deixado de lado. “As pessoas não esqueceram do forró tradicional, ele está sendo chamado assim por causa dos artistas que cantam outros estilos e dizem que cantam este gênero. As pessoas sentem falta, a tradição está se perdendo por falta de apoio. Nos lugares que toco, tem diversos estilos lá, mas quando subu ao palco para tocar Dominguinhos e Alceu Valença, as pessoas se envolvem ao ponto de termos dificuldade de encerrar o show, pois elas sempre querem mais”, explica Júlio.

Foto: Keyla Pereira/iBahia

Embora a essência deste estilo musical não tenha se perdido, o sanfoneiro admite que as pessoas estão adaptando outros gêneros ao São João. “A situação está complicada, daqui a pouco vão chegar no São João e tocar Britney Spears ou Michael Jackson. Fui na festa junina do colégio da minha filha e escolheram como tema a música country e o Sertanejo”, lamenta.”A falta de apoio está complicando até àqueles que conquistaram toda uma geração e hoje tem dificuldades para fechar uma grade de eventos nesta época. Esse perfil de São João de tradição é possível encontrar na região do sertão baiano”, comenta o artista.Novidades de carreiraEmbora esteja iniciando a carreira, ele já está planejando projetos para dar os próximos passos: “Eu pretendo gravar um novo CD e também trabalhar ainda mais o meu primeiro disco ‘Espelhos Vazios’. Tenho em mente gravar um clipe de uma das minhas músicas”, adianta. Dentre os planos, Júlio também quer fazer homenagens. “Quero fazer um show em homenagem a Dominguinhos: ‘Júlio César canta Dominguinhos Lado B’. Onde eu pretendo cantar as músicas desconhecidas dele que nem costumavam entrar em seu repertório. As famosas podem até ser tocadas em meu show, mas quero explorar as que ninguém conhece. E também quero fazer um show voltado para o MPB unindo ao ritmo do forró tradicional”, conclui.

*Sob supervisão e orientação da repórter Marília Galvão

Confira mais notícias de música na Agenda Cultural do iBahia.