Não aglomere, use máscara

Máscaras e distanciamento social são principais aliados para evitar novos picos

O que se sabe é que o uso da máscara, a higienização das mãos e o distanciamento social podem reduzir a taxa de transmissão em até 30%

Especial de Conteúdo

Oferecimento
Com as medidas adotadas pelo Governo da Bahia desde o início da pandemia do novo coronavírus, visando o controle do número de casos e impedindo o colapso do sistema de saúde, a Bahia vive a fase de retomada das atividades cotidianas e da economia, mantendo os cuidados recomendados pelas autoridades sanitárias, para evitar uma nova onda da epidemia com um novo aumento no número de casos.

O que se sabe é que o uso da máscara, a higienização das mãos e o distanciamento social podem reduzir a taxa de transmissão em até 30% e dessa forma evitar novos picos de transmissão da doença.

Principais medidas

Usar máscara sempre que for sair de casa, seja no carro quando estiver acompanhado, no elevador, ou na rua ao ar livre. É importante lembrar, também, que o uso da máscara requer alguns cuidados, como higienizar as mãos antes de colocá-las e após retirá-las, trocá-las quando estiverem úmidas e nunca compartilha-la com outras pessoas.

Manter a distância de 1,5 m e não aglomerar, aliado ao uso da máscara, é fundamental para evitar a transmissão do vírus. Essa distância evitaria que gotículas contaminadas, que saem da boca quando falamos, tossimos ou espirramos sejam absorvidas por outros indivíduos saudáveis.

Por fim, a higienização das mãos deve ser mantida como um hábito. Isso porque o uso de água e sabão durante a lavagem quebra a barreira lipídica que envolve o vírus. Dessa forma, impedimos a contaminação que ocorreria ao colocar a mão no rosto ou nos olhos, por exemplo.

Lave sempre as mãos  com agua e sabão, principalmente após tocar em objetos ou superfícies que possam estar contaminados. Quando não for possível, higienize-as com álcool em gel a 70%, seja no ônibus, no restaurante, na academia, no shopping.