Nem Te Conto

Cauby Peixoto pediu que sua história fosse preservada

Cantor tinha vontade que fosse criado um espaço para expor todo seu arquivo, uma espécie de museu ou memorial

Redação iBahia
19/05/2016 às 8h02

1 min de leitura
Antes de morrer, Cauby Peixoto manifestou o desejo de que sua história, de mais de 60 anos de carreira, fosse preservada para as novas gerações. “Sua história não pode morrer jamais. Ele foi um exemplo por ter chegado à idade dele ainda trabalhando, levando sua arte para o público”, diz Nancy Lara, empresária e secretária do cantor, que morreu na última segunda-feira.
Foto: Divulgação
Cauby tinha vontade que fosse criado um espaço para expor todo seu arquivo, uma espécie de museu ou memorial. “Os fãs também têm muito material guardado. Até o fim da vida dele, descobríamos coisas novas, até no exterior. Imagens e gravações raras. É um grande legado”, diz Nancy.