Nem Te Conto

‘A força do querer’: Ivana transa com Cláudio, mas não tira a faixa que cobre os seios

A primeira vez de Ivana vai ser um decepção só. Não pela transa em si, mas pelo fato de a confusão em sua cabeça ter aumentado ainda mais

Agência O Globo

A primeira vez de Ivana (Carol Duarte), em “A força do querer”, vai ser um decepção só. Não pela transa em si, mas pelo fato de a confusão em sua cabeça ter aumentado ainda mais. Cláudio (Gabriel Stauffer) é um amor com namorada, mas nem todo carinho do mundo faz com que encontre as respostas para suas angústias.

Cláudio, inclusive, dá um presente a ela, animado com a noite de amor. “Você vai gostar! É é linda! Quando vi só pensei em você!”, diz o rapaz, entregando a namorada uma roupa de dormir de renda, muito sexy, bem feminina e delicada. Ivana fica incomodada, mas o namorada acaba convencendo-a. “Veste, gata... Olha... Fica assim não... Eu sei que você é bolada com essas coisas... Estou cheio de cuidado com isso! Vai dar certo, porque eu amo você! Acredita nisso! Eu amo você”, declara.

Mesmo angustiada, Ivana veste a roupa, mas se olha no espelho com total estranhamento. Então, ela arranca, rasga a renda com a aflição de quem arranca a pele que a incomoda. Ao sair do banheiro usando a camisa que estava antes, Cláudio desanima e pergunta se ela quer ir embora. Ivana diz que não, mas afirma que não se enxerga usando aquela roupa. “Você é a única pessoa do mundo que não gosta de você, sabia?”, diz ele, abraçando-a. “Não é de mim que eu não gosto... Cláudio... eu gosto de você, de verdade. Mas... eu sei o tipo de garota que você gosta! Você é que nem minha mãe... você acha que eu posso ser diferente, que tem uma mulher muito sexy, muito poderosa dentro de mim que eu tenho medo de expressar. Não é isso que você acha?”, indaga a jogadora de vôlei.

O rapaz diz que sim, que a vê dessa forma. “Não tem nenhuma mulher sexy e poderosa dentro de mim! Eu não sei o que é que tem, mas essa mulher não é!”, garante. “Ela está aqui... estou abraçando ela... e vou trazer ela pra você...”, insiste Cláudio.

Foto: Reprodução

Os dois se beijam e a transa acontece. O rapaz tenta tirar a faixa dos seios de Ivana, que empurra a mão dele. “Não... aqui não!”, reage. No dia seguinte, Ivana está péssima. “Ei! Foi só a primeira vez! Você estava tensa, isso muda... Você vai ver como muda”, afirma Cláudio. Ivana pede para ir para casa e o namorado insiste para que curtam o dia. Mas a jovem afirma que quer embora. “Mas o que foi? Eu fiz alguma coisa que...”, diz o rapaz, sendo cortado pela namorada. “Você não fez nada!”, garante. “Não gostou de transar comigo? Foi isso?”, indaga Cláudio.

Ivana torna a dizer que não tem problema nenhum com ele e que se ele não quiser levá-la, ela pode pegar um ônibus. “De jeito nenhum! Eu trouxe você, eu levo”, decreta o rapaz. Então, a jogadora de vôlei afirma que os dois não vão dar certo e que não vai viajar com ele para fora do país. “Ivana! você tá terminando comigo? É isso mesmo?”. Ivana não responde. dentro do carro, Cláudio dirige sem saber em que pensar. Já a jovem vira o rosto para que ele não veja a lágrima que corre.