Nem Te Conto

Adélia dispara que Ana Paula Renault agiu como Conká e saiu aclamada do 'BBB'

"Humilhava qualquer um", disparou a advogada

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

A ex-BBB Adélia teceu críticas a ex-colega de confinamento, Ana Paula Renault. Durante o talk show, 'De Cara com Douglas Nobre', a advogada comparou as atitudes da jornalista na edição 16 do 'Big Brother Brasil', com as da cantora Karol Conká - participante da atual edição. 

"Na edição que eu participei, tinha uma cidadã que agia equivalente a Karol Conká, que é tal da Ana Paula Renault. E ela encostava o dedo no nariz de qualquer um, humilhava qualquer um, 'ah porque eu sou rica de berço, ah porque a Xuxa fez show na minha casa', enfim, a mulher era um escrota dentro do programa, fora do programa eu não posso falar nada porque não tive contato", disparou a ex-BBB.

"Estranhamente, ela (Ana Paula) saiu aclamada pelo público, aí eu falo: será que era porque é loira, rica, filha de político? Eu não sei, só quero deixar no ar", finalizou Adélia. 

Em entrevista ao colunista Leo Dias, do 'Metrópoles', Ana Paula rebateu as críticas: "Eu estou achando esta edição muito pesada e muito cruel. Todos resolveram excluir e fazer bullying com o Lucas e a Juliette. O que me passa pela cabeça é que, como a Karol Conka entrou pelo camarote e é uma mulher empoderada e era bem vista pelo público, os demais participantes estão vendo ela como um Deus. Talvez seja por isso que todos estão batendo palma para ela. Isso é muito triste porque todos são maiores de idade e deveriam ter personalidade. É muito triste ver vários se unindo para excluir poucos. Eu vejo que a Karol Conká é uma mulher muito cruel e que gosta de oprimir o próximo. Eu acho que a Karol é uma mulher completamente desumana. Acho que este é o adjetivo que cabe à ela".