Nem Te Conto

Aline Barros é processada por ex-funcionária por falta de pagamento

Justiça determinou que cantora pagasse R$ 200 mil de indenização

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A cantora Aline Barros foi processada por uma assistente e foi julgada a pagar R$ 200 mil de indenização. De acordo com informações do colunista Leo Dias, do jornal 'O Dia', a profissional cobra comissões devidas de shows e trabalhos feitos que não foram pagos.


Segundo a publicação, a justiça determinou que a artista gospel pagasse a quantia, mas a cantora tem oferecido crédito à ex-assistente em ações do marido Gilmar contra o Botafogo, time em que ele jogou.