Nem Te Conto

Anavitória sobre atração por meninos e meninas: 'a gente acredita no amor desta forma'

Cantoras falaram sobre personagens bi em filme

Agência O Globo
- Atualizada em

O filme "Ana e Vitória" levou o nome das cantoras do Tocantins aos assuntos mais comentados do Twiter nesta sexta-feira. Lançada na última quinta, a obra, definida pelas artistas como um filme fictício baseado em algumas histórias reais de sua vida, tem despertado curiosidade nos fãs: o que é verdadeiro e o que foi criado? Em entrevistas publicadas no Youtube, as amigas dão pistas sobre o que é verdadeiro e o que foi criado para o filme.


"A gente fez um laboratório com o Matheus (Souza, diretor) contando várias histórias nossas. Aí ele fez um roteiro contando isso do jeito que ele queria", conta Ana ao youtuber Miguel Barbieri Jr.

[embed]

Algumas das cenas mais aguardadas pelo público mostram cenas de romance entre as cantoras protagonistas. O longa-metragem, no entanto, também mostra romances heterossexuais. Vitória explica que as duas acreditam no amor livre, independentemente de gênero: "A gente acredita no amor desta forma. Isso é natural para a gente. A gente olha para o amor desta maneira, a gente vê isso acontecendo. Quem não está vendo? Quem não está vendo o que está acontecendo? Foi natural como a gente sentiu que devia ser. Tanto Matheus quanto a gente".