Nem Te Conto

Andressa Urach critica novamente a igreja: 'lavagem cerebral'

Modelo ainda revelou que teria sido demitida por causa da instituição

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Andressa Urach resolveu abrir o jogo mais uma vez sobre a relação que tinha com a Igreja Universal, da qual ela fazia parte. A modelo contou que foi demitida da Record, que tem vínculo com a instituição, e disse que foram "seis anos de lavagem cerebral" na igreja. O desabafo aconteceu nesta sexta-feira (13).

"Depois de seis anos de lavagem cerebral, onde me fizeram acreditar que eu tinha que dar meu tudo para Deus, me levaram praticamente tudo que eu tinha. Foi mais de uma milhão e meio de reais que doei nesses últimos anos para a instituição, fora o meu amor e tempo que dediquei, como todos sabem. E agora que não tenho mais dinheiro para dar, ainda fui demitida da Record. Parabéns, Igreja Universal, por levar minha alma ao inferno!", disse, em post no Instagram.

A modelo teria doado cerca de R$ 1,5 milhão para a Universal, e tenta agora recuperar o dinheiro.