Nem Te Conto

Anitta comenta carreira internacional: 'O público está começando a conhecer'

Cantora deve lançar uma nova parceria com o colombiano J Balvin

Agência O Globo

Anitta está planejando mais uma música internacional: outra parceria com J. Balvin, em Espanhol. Após “Paradinha”, a porta de entrada da cantora no mercado internacional foi aberta. Em entrevista, a cantora opina sobre a nova fase e afirma que investe pesado no projeto com base em sonhos ambiciosos.

(Reprodução: Multishow)

“Muita gente acha que é questão de dinheiro, ou de ego mas não é. Para tentar carreira internacional são outras questões de barreira, de mensagem. Mas não está grande deste jeito. O fato de nunca ninguém ter chegado (...) Não vou ser hipócrita. É um trabalho pop cantado em outro idioma, com linguagem pop jovem, realmente não aconteceu antes (no Brasil). Pelo fato de estar fazendo coisas que não aconteceram, as pessoas têm a impressão de que : 'Meu Deus, você está muito famosa". Lá fora estou como eu estava no Brasil no lançamento de ‘Meia e abusada’. O público está começando a conhecer”, disse Anitta, em entrevista a Giovanna Ewbank.

No bate-papo, Anitta contou como cuida do corpo e afirmou que sente que aumentou as medidas. "Eu não fico focando nisso 100 por cento. Faz parte do meu trabalho, mas eu desando e volto, desando e volto. Se eu tenho trabalho, fico mais focadinha. Não estou focada agora. Estou bolachudinha. Comi para caramba no fim de semana".

A artista, que vivenciou um boom com a música "Show das poderosas", aos 20 anos, afirma que sentiu o peso da responsabilidade e viu seus erros repercutirem em grandes dimensões. "Foi ruim para mim de início. Eu não tinha tanta maturidade, experiência. Eu fui jogada numa coisa gigantesca e tive que ir aprendendo com o erro. O erro ficava superbig e o Brasil inteiro estava olhando. Mas agora está tranquilo, eu já aprendi".

(Reprodução: Instagram)

Na entrevista, ela conta que se arrependeu de entrevistas concedidas no início da carreira. "Eu virei outra pessoa. Eu olho as minhas entrevistas com 20 anos e penso: 'Ai, meu Deus. Quem é essa pessoa? Cala a boquinha! Tá bom! Tá bom!'.

Confira o vídeo na íntegra: