Nem Te Conto

Anitta vai a Instagram de Bolsonaro e questiona: 'queria entender o contraditório'

Cantora fez longo desabafo no perfil oficial do presidente

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )
- Atualizada em

Anitta foi ao Instagram de Jair Bolsonaro para fazer um questionamento para o presidente na noite deste domingo (26). A cantora comentou em uma publicação dele onde o destaque é  a suspensão do edital com séries LGBT para TVs públicas. 

Em logo desabafo, a poderosa perguntou a Bolsonaro a forma comemorativa em que ele fez o anúncio, em meio a questão da Amazônia. Ela também revelou ter feito uma pesquisa sobre o assunto, perguntado para eleitores dele e ainda sim ter dúvidas se a medida foi mesmo positiva. 

Foto: Reprodução | Instagram 

"Perguntei a eleitores do senhor que não são heterossexuais. Alguns me disseram que o senhor explica tudo em uma live semanal e que as razoes eram por conta de verba pública, outros pelo conteúdo ser zero relevante ou de baixo nível, outros me disseram que foi para todo tipo de conteúdo de baixo nível, não só LGBT, outros não souberam como opinar. Mas então fiquei confusa. Se a questão é verba ou conteúdos de baixo nível, porque o post do senhor se dirige diretamente à comunidade LGBT e não à todo o conteúdo envolvido como me falaram?", começou Anitta.

 "O acusaram de homofobia e o senhor respondeu não ser homofóbico, mas mencionar apenas a comunidade LGBT em seu post, sem legendas ou explicações, não passa a ideia aos seus seguidores de que conteúdo LGBT deve ser banido? Estimula seus seguidores a pensarem que conteúdo familiar não pode ter menção LGBT assim como vi em alguns comentários aqui. Se a decisão tem outros fatores, porque postar apenas a questão LGBT?", continuou ela. 

 "Me estranhou este post aparentemente celebre em meio à questão amazônica, mas acredito que os diferentes departamentos sigam trabalhando em suas àreas para que as coisas não parem. Enfim, estou buscando um lado bom para olhar. Neste caso não estou conseguindo. Escrevo isso com todo o respeito que se deve tratar um governante político. E como uma pessoa que realmente gostaria de entender sem agressividade coisas que me parecem contraditórias", finalizou a poderosa. 

 Veja ao post do presidente abaixo: