Nem Te Conto

Antes de ser expulso, Marcos foi notificado em processo por danos morais

Ex-colega de trabalho pede uma indenização de R$ 50 mil do médico

Agência O Globo
Marcos Harter, expulso do "Big Brother Brasil 17" nesta segunda-feira, tem mais problemas na Justiça. Ele está sendo processado por danos morais por uma antiga colega de trabalho. Elaine Cristina Minatti, funcionária de um hospital onde o médico atuou, em Diadema, em São Paulo, pede uma indenização de R$ 50 mil do médico. Segundo Patricia Zaparoli, advogada de Elaine, quando trabalhavam juntos Marcos teria compartilhado fotos dela em seu perfil no Facebook.
— Foi exposição na mídia. Ela era uma funcionária de um hospital onde ele trabalhava e Marcos postou fotos dela no Facebook dele — disse.
Marcos foi expulso do reality show na noite da última segunda-feira, depois de uma briga com Emily, sua namorada na casa. Porém, antes de deixar a casa do "Big Brother Brasil 17", Marcos recebeu a visita de um oficial de justiça para assinar o mandado de citação, ato que da ciência ao acusado da existência de uma ação contra ele. O processo contra o médico foi aberto em São Bernardo do Campo, em 2013, mas a ação está parada desde então. Marcos não foi encontrado por oficiais de justiça para ser citado, ou seja, ser informado que está sendo processado.
A advogada contou ao EXTRA que há três anos tenta que Marcos seja informado oficialmente do processo para dar continuidade a ação. Com várias mudanças de endereço, o médico não foi encontrado para assinar o mandado de citação em diversas ocasiões. Como ele estava confinado na casa do "Big Brother Brasil 17", Patrícia decidiu dar o endereço da casa para emissão de um novo documento.

— Não posso dar detalhes do caso porque pedi segredo de Justiça nesse processo depois que ele entrou no programa. Dei o endereço do BBB no Projac para a Justiça porque ele estava confinado. Para mim, ele foi expulso pela agressão e por esse processo também — contou.
— O que eu acredito que pode acontecer é a minha cliente ser chamada para depor nesse inquérito que foi instaurado contra ele devido a agressão dentro do programa — disse.
Na decisão para que o mandado fosse emitido, o juiz Marcelo Nobre de Almeida determinou que a informação de que Marcos é um participante do reality show fosse incluída no mandado de citação. Ele determinou ainda agilidade na citação: "(...) com urgência, inclusive por oficial de justiça de plantão".
O EXTRA entrou em contato com Elaine para comentar o processo, mas não teve retorno. Marcos também foi procurado, mas como ele está em confinamento, não foi encontrado para comentar o processo.
Brigas e expulsão do programa
As brigas de Marcos e Emily vem chamando atenção de internautas e levaram à expulsão dele do programa. O médico também foi intimado a depor na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Jacarepaguá nesta quarta-feira. A informação é da diretora da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher do Rio, delegada Marcia Noeli Barreto. Segundo ela, o médico será ouvido na prória delegacia, localizada na Zona Oeste do Rio. Já Emily só será ouvida na próxima segunda-feira.
Depois de ser eliminado, Marcos pronunciou-se sobre a briga que motivou a expulsão através de sua conta no Twitter, na madrugada desta terça-feira. O médico publicou uma carta aberta pendido desculpas a Emily e à família dela:
“Como todo casal, passamos por momentos de alegria, ansiedade, euforia e tensão. Jamais tive a intenção de machucar física ou emocionalmente uma pessoa pela qual nutri tanto carinho e afeto. O programa tem um formato destinado a levar nosso emocional ao limite, e consequentemente os nervos à flor da pele. Repito: jamais tive a intenção de machucá-la ou agredi-la. Estou surpreso com tudo o que está acontecendo. Peço desculpas a todos os envolvidos, Emilly e sua família, demais participantes e a todo Brasil. Marcos Harter”.
As polêmicas que Marcos causou com suas brigas dentro do programa também geraram o boato de que a apresentadora Ana Maria Braga teria se recusado a recebê-lo no "Mais você", como faz com todo eliminado do reality. A Rede Globo, no entanto, desmentiu a história. A assessoria de imprensa do programa matinal afirmou que "esta informação não procede”.