Nem Te Conto

Antônia Fontenelle é acusada de xenofobia ao falar sobre caso envolvendo DJ Ivis

Ao criticar DJ Ivis, que agrediu a mulher Pamella Holanda, Antônia o chamou de "paraíba"

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

A apresentadora Antônia Fontenelle foi acusada de xenofobia após criticar o DJ Ivis, que agrediu a esposa em vídeos publicados neste domingo (11). 

Ao repudiar as agressões sofridas por Pamella Holanda, a apresentadora se referiu ao DJ como "paraíba". "Eses paraíbas fazem um pouquinho de sucesso e acham que pode tudo. Amanhã vou contactar as autoridades do Ceará para entender porque esse cretino não foi preso”, disse ela.

Ao tentar se justificar, Antônia afirmou que usou o termo para se referir a quem faz "paraíbada" que, segundo ela, é "uma forma de expressão". Confira a explicação da apresentadora: