Nem Te Conto

Aos prantos, Henri Castelli desabafa sobre grave agressão que sofreu no fim do ano

"Sensação que minha boca estava pendurada", contou o ator

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Nesta segunda-feira (11), Henri Castelli usou seu perfil no Instagram para revelar que foi agredido e mostrou os ferimentos. Na última semana de 2020, rumores da situação ganharam a internet, mas o ator, de 42 anos, por meio da assessoria, negou e chegou a dizer que tinha se machucado na academia. 

Foto: reprodução / Instagram

"Anunciaram há pouco que eu entrei numa briga em Alagoas, o que não é verdade. Foi muito triste o que aconteceu comigo. Vocês devem ter visto que eu dei entrada na Santa Casa de Alagoas no final do ano por ocasião de um acidente na academia. Mas a verdade é que não foi um acidente e não foi na academia. Eu fui agredido covardemente, sem que eu pudesse reagir ou me defender", iniciou o relato. 

"Eu estava com alguns amigos e, do nada, fui puxado pelas costas, pelo pescoço, jogado no chão e fui agredido. Vítima de socos e chutes no rosto, que levaram a uma fratura exposta na minha mandíbula. A impressão que eu tinha é de que minha boca estava pendurada naquele momento", continuou. 

"Os vídeos serão juntados ao processo. O médico e sua equipe optaram por amarrar a minha boca com um fio de aço para que eu fizesse a cirurgia em São Paulo e pudesse cumprir meus compromissos de trabalho", acrescentou o ator, que explicou que a versão da academia era para não assustar seus familiares. Henri fez uma denúncia na delegacia e passou por exames de corpo de delito. 

Ele exibiu as sequelas e declarou: "Fiquei com muito medo de ficar com sequelas pra sempre. Minha boca ainda tá torta, e ainda está muito inchado, muito roxo".