Nem Te Conto

Após barraco, Valesca Popozuda termina namoro

Cantora tem poucos shows na agenda e público está revoltado

Agência O Globo
- Atualizada em

Valesca Popozuda está vivendo um inferno astral antecipado. O aniversário é só em outubro, mas uma poeira cósmica invadiu a vida da funkeira. Na página oficial da cantora e também no Facebook as agendas estão vazias. Se antes, ela tinha uma semana cheia de compromissos, agora as apresentações minguaram e se resumem a alguns fins de semana.

A loira também está solteira. Valesca terminou o namoro com Patrick, PKDelas, DJ e agora MC, no fim de janeiro. Logo após a gravação do clipe “Quando a vontade bater”. A relação, que já atravessava uma crise, não resistiu aos beijos quentes que Patrick deu em Leticia Macedo, modelo de 21 anos, que protagonizou o vídeo com ele.


Após um barraco nas filmagens, ela deu fim ao namoro que começou no início do ano passado. Aos 39 anos, Valesca também comprou uma briga involuntária com grande parte de seu público LGBTQ+. Tudo porque decidiu defender Agustin Fernandez, o maquiador uruguaio que apoia Jair Bolsonaro e desancou o público gay durante a campanha.

Por conta da revolta entre seus seguidores e muitos unfollow, Valesca teve um show cancelado em São Paulo no último fim de semana por conta de seu posicionamento em relação ao maquiador. “Ela está muito triste com toda essa situação e preocupada. Com a escassez de shows, ela está acumulando dívidas, pois sustenta a família inteira”, conta um amigo.

Entenda o caso

Na última semana, o maquiador Augustín Fernandez e Valesca Popozuda se encontraram e compartilharam vídeos dos momentos juntos na internet. Em poucos minutos, integrantes da comunidade LGBTQ+ se manifestaram repudiando a amizade dos dois. A revolta aconteceu porque Valesca, atração constante e ídolo de Paradas LGBT, posou com o influenciador digital conhecido por criticar LGBTQ+ e por apoiar o presidente eleito, Jair Bolsonaro.

Após a repercussão negativa, Valesca Popozuda foi às redes sociais defender Augustín e afirmar que a amizade não interfere em seu posicionamento político. Ainda assim, o fato levou outros artistas a pararem de prestigiar a funkeira. Uma delas, Pabllo Vittar, deixou de seguir a cantora no Instagram.