Nem Te Conto

Após criticar MBL, Daniela Mercury é chamada de 'parasita' por Kim Kataguiri

Cantora publicou críticas ao Movimento Brasil Livre (MBL) em sua conta no Twitter

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com)
- Atualizada em

Daniela Mercury se envolveu em uma polêmica com Kim Kataguiri nas redes sociais neste fim de semana. A cantora criticou, através de publicações no Twitter, o Movimento Brasil Livre (MBL) após o grupo solicitar a
inelegibilidade do ex-presidente Lula ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

"Quem são o MBL? Um partido? Ou o quê? Um grupo de empresários?  Sabemos que é um grupo autoritário que defende a censura das artes, que se camufla de verde e amarelo, mas age como quem odeia o povo brasileiro", escreveu a artista no sábado.

Daniela ainda complementou a postagem: "Alguns muito lúcidos e outros  tentando me ameacar. Ameaça é coisa de gente covarde e arrogante. [...] Quem sustenta minha arte é a minha voz, inteligência e trabalho. Só estou respondendo para ficar mais claro".

Em resposta à cantora, Kim Kataguiri, um dos líderes do MBL, respondeu o comentário dela e a chamou de 'parasita' na postagem.

"Um grupo que combate parasitas como você, que dizem defender os pobres, mas pegam dinheiro deles via Rouanet. Um grupo que combate a presidente que pedalou pra tirar do Bolsa Família e dar pra ruralista corrupto. Um grupo que combate ex-presidente que quer prender jornalista. Prazer, somos o MBL", escreveu Kim.

Foto: Reprodução/Twitter