Nem Te Conto

Após se recuperar da Covid-19, Rodrigo Sant'Anna detona Bolsonaro e manda recado

Humorista ainda criticou a atuação do governo no combate à pandemia

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Rodrigo Sant’Anna passou por uma fase difícil no final do mês passado, após testar positivo para Covid-19. O humorista, que teve 50% do pulmão comprometido, precisou ficar alguns dias internado no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca. Em entrevista ao jornal O Globo, o ator detonou o presidente Jair Bolsonaro (em partido) e mostrou sua indignação com a lentidão da vacinação no país.

"Acho uma boçalidade do nosso presidente. Não consigo conceber uma negociação para a compra da vacina ser interrompida por falta de inteligência e arrogância exacerbada de Jair Bolsonaro. Por causa dele, perdemos a possibilidade de já termos vacinado todos. Estamos muito atrasados, assustados e com medo. Peço para que os governantes façam tudo para reverter esse atraso. A população não pode mais sofrer. Já perdemos muitas pessoas. É assustador pensar que já poderíamos estar vacinados", frisou.

Na oportunidade, o comediante pediu que a população se cuide e ainda fortaleceu a informação acerca da necessidade das proteções diárias: "A covid-19 é um vírus assombroso. Mexe com uma questão mental que você fica mais sensível, potencializa os seus maiores medos e pavores. Cuidem-se, não facilitem. É muito ruim passar por isso tudo".