Nem Te Conto

Após ser acusado de agressão, Devinho Novaes tem show cancelado em Camaçari

Prefeitura divulgou uma nota em que diz repudiar qualquer atitude violenta contra a mulher

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Após ser acusado de agressão pela ex-namorada, Devinho Novaes teve o show cancelado em Camaçari. O cantor iria se apresentar durante o Camaforró 2019, no dia 22 de junho.

Foto: Reprodução/Facebook
Em nota emitida pela prefeitura da cidade, ela afirma que no lugar será escolhido outro artista e que a programação do evento seguirá sem prejuízo.

Ainda de acordo o comunicado, a prefeitura afirma que repudia qualquer situação de violência e incentiva que mulheres que passam por essa situação denunciem seus agressores. Além disso, ela diz que festa segue normalmente, entre os dias 21 e 23 de junho, com shows de Simone e Simaria, Marcos e Belutti, Calcinha Preta, Magníficos, Lambassaia, Unha Pintada, Adelmário Coelho e Amado Batista.


Entenda o caso
A ex-namorada de Devinho Novaes, Aylle Santiago, falou através de suas redes sociais e decidiu expor uma série de conversas entre eles, onde alega ter sofrido violência física e verbal.
Foto: Reprodução/Instagram
Nas imagens, Aylle diz que flagrou o sergipano diversas vezes com outras mulheres, e afirmou que ele contrata garotas de programa. "Eu estava operada e ele rasgou minha roupa e chutou meus seios que ainda estavam com pontos", escreveu. O casal ficou junto por nove meses.

Na época em que confirmaram o relacionamento, muitos fãs do cantor a chamaram de "interesseira", alegando que ela estava com ele apenas pela "fama" e "dinheiro". Sobre o assunto, a jovem também divulgou um trecho em que o artista estaria devendo dinheiro para o pai dela.

No Instagram, Devinho gravou um vídeo e se defende das acusações. "Enquanto as pessoas tentam me derrubar, eu apenas sigo minha vida da melhor maneira", falou.