Nem Te Conto

Arnaldo Cezar Coelho fala de luta contra câncer aos 76 anos: 'desagradável'

Ex-comentarista descobriu doença após a aposentadoria, anunciada na final da Copa do Mundo do ano passado, na Rússia

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
Arnaldo Cezar Coelho enfrentou uma verdadeira batalha aos 76 anos de idade. Após anunciar sua aposentadoria na final da Copa do Mundo do ano passado, na Rússia, o ex-comentarista de futebol descobriu um câncer de próstata. 

"Quero confessar que, com essa minha parada, eu pude tratar um pouco da saúde e também da família, porque você, homem, é relaxado. Nesses exames todos apareceu um problema grave comigo e eu tive que operar esse problema e, graças a Deus, está tudo zerado", contou o ex-árbitro para um programa de entrevistas no Youtube.

Foto: Reprodução | Youtube 

No Grande Círculo, do SportTV, exibido no último sábado (31), Arnaldo, após debater assuntos como o polêmico VAR, falou a conversar sobre a vida atual e embora sinta falta de amigos como Galvão Bueno, ele destacou estar curtindo os familiares após mais de cinco décadas ocupado com o futebol.

"Eu tinha que viver com a família, porque foram 50 anos sem final de semana. Eu nunca assisti um jogo no estádio", contou, relatando como descobriu a doença. "Coincidência agradavel e desagradável. Agradável porque foi descoberto, desagradável porque você sofre um pouco. Em outubro (de 2018) eu tinha sido convidado para fazer a campanha Novembro Azul, de prevenção do câncer de próstata, apareci em tudo que é estação de televisão, rádio,  falando 'olha a próstata mata brasileiros, você tem que fazer exame de próstata, a regra é clara'", relembrou ele.

"Nesse mês era o mês que eu fazia meus exames gerais. E eu tive que fazer o exame de próstata, que eu sempre fiz", disse Arnaldo, acrescentando que até então todos os resultados tinham sido considerados dentro da normalidade. "Em novembro (de 2018), eu fui fazer o exame e meu médico ficou doente. Fui em outro médico que falou para eu fazer a ressonância. Eu fui na ressonância, e o médico falou 'Arnaldo, você tem uma uma lesão na próstata'", continuou.
O ex-árbitro pontuou que o médico o liberou para viajar em janeiro deste ano e fazer uma biópsia quando voltasse. "Eu voltei em janeiro, fiz a biópsia e era um tumor maligno. Olha o destino, eu fiz a campanha e apareceu isso. Na segunda-feira depois do Carnaval eu fiz a cirurgia. Zero bala!", garantiu ele ressaltando a importância de cuidar da saúde.