Nem Te Conto

Ator que viveu Cirilo na primeira versão de 'Carrossel' sofre de esquizofrenia

O ex-astro mirim decepou o dedo mindinho da mão esquerda e já foi internado duas vezes para não cometer suicídio

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Pedro Javier Viveros, intérprete do personagem Cirilo na primeira versão da novela 'Carrosel', do SBT, foi entrevistado na última quinta-feira (2), no programa 'Tá na Tela', da Rede Bandeirantes. O apresentador Luiz Bacci localizou a casa do ator na Cidade do México.



Durante a entrevista, ele voltou a escola onde a novela era gravada e conversou com alunos. Além disso, o ex-ator aproveitou para falar sobre o transtorno psiquiátrico e até um sequestro relâmpago sofrido com a mãe. "Me diagnosticaram com esquizofrenia aos 23 anos. Eu me sentia ameaçado, e em crise, tive uma absoluta falta de consciência", disse. Leia também:

Sem receber cahê, Anitta coloca novamente ex-escritório na Justiça



Ainda segundo o ex-astro mirim, ele decepou o dedo mindinho da mão esquerda com uma serra e já ficou internado por duas vezes para não cometer suicídio.


O Cirilo mexicano trabalha atualmente numa produtora de vídeos. Ele revelou que sua primeira namorada de infância foi a atriz Flor Eduarda Gurrola, que interpretava a menina Carmem na trama. Com ar de felicidade, ele lembrou da época da novela. "Me dá muita alegria lembrar. Foi uma experiência linda", disse.