Nem Te Conto

Atriz trans revela preconceito após atuar em ' A Força do Querer'

Artista revelou que segue sem trabalhar desde que outubro de 2017, quando a trama de Glória Perez chegou ao fim

Redação iBahia (agenda@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Longe da TV desde a sua atuação em 'A Força do Querer', a atriz  Maria Clara Spinelli resolveu desabafar  sobre o mercado de trabalho. Primeira mulher transgênero a fazer um papel cisgênero, Maria vivia Mira,cúmplice de Irene (Débora Falabella), na trama. 

Foto: Divulgação/TV Globo

A artista revelou que segue sem trabalhar desde que outubro de 2017, quando a trama de Glória Perez chegou ao fim. "Eu, Maria Clara Spinelli, atriz, estou sem trabalhar desde o final da novela 'A Força do Querer'. E, embora eu tenha um 'nome' no meio artístico e seja respeitada e premiada, também ninguém me dá emprego", falou ela.

Eu, #MariaClaraSpinelli, #Atriz, estou sem trabalhar desde o final da #novela #AForçaDoQuerer. E, embora eu tenha um 'NOME' no meio artístico, e seja respeitada e premiada, tbm ninguém me dá #emprego. . . . Conversando hj com meu Empresário, compartilhando com ele meu desânimo, ele me disse q me oferece, sim, para todas as Produções em q existam #Personagens com meu perfil... Mas, os Produtores d #Elenco nunca respondem nada, nunca justificam pq não sou sequer selecionada p/testes PARA #PERSONAGENS NÃO TRANSGÊNEROS. . . . Meu empresário disse q isso lembra a experiência que ele teve, há muitas décadas atrás, trabalhando com Modelos #Negras... Elas também não eram bem vistas no mercado d #trabalho... . Sem falsa modéstia, sou conhecida e respeitada por #Produtores, #Diretores e #Autores (de #Cinema, #Teatro e #TV). E muitos deles já elogiaram meu trabalho. Mas, com exceção de @GloriafPerez, e da @RedeGlobo, NUNCA NINGUÉM ME OFERECEU NENHUMA PERSONAGEM QUE NÃO FOSSE #TRANSGÊNERO... . Bem, se p/o Mercado eu SÓ TENHO CAPACIDADE PARA FAZER PERSONAGENS TRANSGÊNEROS, então, talvez, NÃO EXISTA UMA #CARREIRA PARA MIM. PORQUE NENHUMA #ATRIZ PODE SOBREVIVER APENAS FAZENDO PERSONAGENS TRANSGÊNEROS, pq nem existem tantos assim. E, mesmo q houvesse, eu não sou um estereótipo, e não aceitaria isso . . Deixo aqui esse meu pequeno desabafo, e tmb uma RESPOSTA p/todos q gostam do meu trabalho e me perguntam quando me verão novamente em alguma produção. Minha resposta é: NÃO SEI! TUDO QUE DEPENDE DE MIM E DAS PESSOAS Q TRABALHAM COMIGO ESTÁ SENDO FEITO. MAS NÃO CABE SOMENTE A NÓS . . Talvez, enfim, eu deva admitir q não exista um MERCADO DE TRABALHO p/uma ATRIZ como eu. "ATRIZ #TRANS", muitos dizem. E, se não dizem, pensam. Mesmo q não admitam, isso se reflete em tanto tempo d recusa quando sou oferecida p/testes nas produções mais diversas, há quase um ano... . Tenho muito #ORGULHO d toda a MINHA CARREIRA, MUITO ORGULHO D CADA PERSONAGEM Q CONQUISTEI, TRANSGÊNERO OU NÃO, PQ FORAM SEMPRE GRANDES PERSONAGENS, Q INTERPRETEI COM #AMOR . . E, embora eu ache cedo demais, se minha CARREIRA como ATRIZ se encerrasse aqui, TUDO JÁ TERIA VALIDO MUITO A PENA! . #GRATIDÃO, #MariaClaraSpinelli

Uma publicação compartilhada por Maria Clara Spinelli ????+ (@mariaclaraspinelli) em