Nem Te Conto

Bárbara Borges faz desabafo sobre ser mãe e alcoolismo

Atriz comentou também sobre a reprise de 'Porto dos Milagres'

Patrícia Kogut, da Agência O Globo
- Atualizada em

A partir desta segunda-feira, 11, o público poderá rever Bárbara Borges no primeiro papel de sua carreira: a Luiza de "Porto dos Milagres" (2001), novela que será reprisada pelo Canal Viva.

- Eu me lembro até hoje do momento em que recebi a resposta positiva. Eu estava ansiosa porque tinha feito vários testes e não estava rolando nada. Naquele dia, andava por Copacabana (Zona Sul do Rio de Janeiro) e estava chovendo. A produtora de elenco me ligou solicitando que eu fosse ao Projac falar com o diretor Roberto Naar. Pedi que me adiantasse o assunto, mas ela não tinha permissão para isso. Quando cheguei lá, soube que o Naar queria me dizer pessoalmente que eu havia sido aprovada. Naquele momento, eu chorei muito. Gravei com Camila Pitanga, Marcos Palmeira, Tonico Pereira, Joana Fomm e Miguel Thiré, que me acolheram. Fazer parte desta novela foi um grande aprendizado - diz ela.


Na trama, a atriz viveu a filha de Francisco (Tonico Pereira) e Rita (Joana Fomm), uma jovem ambiciosa que tem vergonha da família de pescadores: - Ela tinha o sonho de uma vida melhor. Não a vejo como uma menina malvada, mas como uma pessoa imatura. Ela passou também por muitas situações cômicas e teve cenas bonitas com o pai.

Além de "Porto dos Milagres", Bárbara está no ar em "Jesus", como Livona: - Estou gravando a reta final. Esta novela me exigiu muito emocionalmente. A vida de Jesus é uma história que todo mundo conhece, até quem não é religioso. Nos últimos capítulos, a trama da minha personagem estará ligada à do protagonista. Fiz uma sequência em que meus sobrinhos são crucificados junto com Jesus. Quando terminei de gravar, não conseguia parar de chorar.  


Aos 40 anos e com mais de 20 de carreira, Bárbara diz que seu último aniversário, no final de janeiro, foi um "momento de reflexão": - O que eu celebro é a maturidade. A idade me trouxe a firmeza para poder abandonar hábitos que não faziam mais sentido na minha vida. É um momento de pensar no que quero: ter mais qualidade de vida. Fico feliz também de perceber que agora consigo passar por situações que antes considerava difíceis. 

Bárbara tem compartilhado essas reflexões em seu Instagram. Recentemente, fez desabafos sobre maternidade (ela é mãe de Martin Bem e Theo Bem, na foto abaixo) e consumo exagerado de álcool: - Nessa postagem (sobre álcool), eu quis passar a mensagem de que é possível identificar qualquer tipo de excesso, seja ele com cigarro ou com qualquer outra coisa que não esteja fazendo bem. Mas acabaram distorcendo o que eu falei. Meu maior desafio como uma figura pública é mostrar que sou uma pessoa de verdade, não só uma imagem. As redes sociais aproximam o artista do público. O meu objetivo ao compartilhar situações da minha vida privada é plantar sementes do bem. Eu sei que alguns vão alterar o sentido do que falei, mas, se eu tiver um feedback positivo, isso me faz continuar.