Nem Te Conto

Boca rosa, do BBB 20, não torce para Guilherme e critica Pyong: 'assediador'

Eliminada do "Big Brother Brasil 20", Bianca Andrade ainda está envolvida no jogo

Agência O Globo

Eliminada do "Big Brother Brasil 20", Bianca Andrade ainda está envolvida no jogo. Tanto é que tem feito campanha entre os seus fãs para eliminarem Pyong. Mas isso não significa que ela esteja defendendo o Guilherme. "Primeiro, o Pyong assediador. Depois, Guilherme, Babu...", escreveu no Twitter. No Instagram, a empresária se justificou:

Foto: Reprodução | TV Globo 

"Eu saí, saí? Só que o Pyong também cometeu erros, né? No mesmo dia que eu fiz, ele fez também. Eu estava bêbada? Estava louca? Paguei. Estou aqui fora. O Pyong também estava louco e fez um monte de coisa. E se eu saí e ele nao sair, aí eu realmetne não vou conseguir entender. Pelo que eu vi, ele deu em cima de mim, da Marcela e da Flayslane", desabafou Boca Rosa.

A influencer foi categória ao classificar o hipnólogo como assediador, mas fez uma ressalva: "assediou, sim, não é mentira minha. Mas não ataquem a esposa dele. O Pyong é que tem que vir aqui para fora para raciocinar um pouco também sobre o que aconteceu", disse Bianca.

Segundo Bianca, a eliminação de Pyong, no paredão contra Guilherme e Gizelly, seria uma resposta para a forma como o público vê e pesa os erros de homens e das mulheres.

"Muita gente pedindo para o Guilherme sair e eu concordo. Mas se uma mulher, quando faz algo errado, ela sai, por que o homem, que faz até pior, ele fica?"