Nem Te Conto

Briga entre Anitta e antiga empresária chega ao fim e funkeira paga R$9 milhões

De acordo com o UOL, a funkeira identificou desvios de R$2,5 milhões por parte da KL2 Entretenimento

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)

Após seis anos, a guerra judicial entre Anitta e sua ex-empresária, Kamilla Fialho, chegou ao fim. A briga começou em 2013 depois que a funkeira estourou com o 'Show das Poderosas'. No ano de 2014, a funkeira rompeu o contrato, onde alegou que havia má administração de sua carreira e suposto desvio de dinheiro. 

Foto: Reprodução | Instagram
De acordo com o UOL, Anitta identificou desvios de R$2,5 milhões por parte da KL2 Entretenimento. Kamilla negou e atacou a cantora com um processo de indenização de R$7 milhões por danos morais, calúnia e quebra contratual. 

Ainda segundo o UOL, últimos anos nenhuma das partes queria entrar em acordo e o processo foi se avolumando (e encarecendo). A ação correu na 6ª Vara Cível do Rio, que, quatro anos atrás, já havia determinado o bloqueio de R$ 3 milhões das contas de Anitta.

Conforme o portal, a K2L repassou a Anitta todos os direitos autorais e as fitas master de gravações e composições antigas da cantora como a própria "O Show das Poderosas". Com isso Anitta se tornou definitivamente dona de toda sua obra e não tem mais qualquer vínculo com a K2L e Kamilla  Fialho.