Nem Te Conto

Bruna Marquezine é chamada de racista após mostrar torcida para Marcela

Médica está no Paredão com Babu e Flayslane e berlinda rendeu polêmica nas redes sociais

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)

Após a formação do novo Paredão na noite do domingo (05), que levou Babu, Flay e Marcela para a berlinda, Bruna Marquezine se posicionou e mostrou apoio à médica no momento. "Só consigo pensar na Flayslane voltando desse Paredão mais insuportável do que voltou do último. Prefiro ela fora", escreveu no Twitter.


Não demorou para os internautas criticarem as palavras da atriz, lembrando que Marcela teve falas racistas no programa contra Babu e que ela fez post contra o empresário Rodrigo Branco, que criticocu Maju Coutinho e Thelma.

"Estava toda preocupada com o Babu, mas agora falou que prefere a Flay fora do que a Marcela. Vem ser racista fora junto com a gente, Bruna", disparou a pessoa. A atriz, então, disparou: "Menina... que perseguição comigo. Eu não quero nem Marcela e nem Flay lá dentro. Calma". 

Não parou por ai: "Cansei dessa militância seletiva. Descansa, deixa a menina torcer para quem ela quiser. Coisa chata!". Outra pessoa rebateu: "Ela pode torcer, mas se usou o Babu agora vai ter que defender ele, sim!". Bruna, mais uma vez, se defendeu: "usei o Babu? 'Oxi'! Gostar e torcer por alguém é usar, é?! Credo".

Chamada também de incoerente, a artista se posicionou: "Todo ser humano é hipócrita. Todo! Imparcialidade é uma grande ilusão. Ninguém é 100% desconstruído e coerente. Pelo menos eu sigo disposta a escutar, aprender e evoluir, sabendo que eu não sei nada mesmo sobre a vida. Você tem as falas e atitudes racistas da Marcela? Juro que não estou sendo irônica. Eu fiquei sem assistir umas duas semanas e aí acompanhada pelo Twitter momentos da Manu e sinto que eu perdi algumas coisas importantes pela forma inflamada que estão cobrando meu posicionamento".