Nem Te Conto

Brunna Gonçalves defende Ludmilla e critica Prêmio Multishow: 'Inaceitável'

Dançarina saiu em defesa da esposa após ausência de indicações da cantora na premiação

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Após a cantora Ludmilla afirmar nesta terça-feira (19), no Twitter, que não se apresentaria no Prêmio Multishow deste ano por 'falta de reconhecimento', foi a vez de Brunna Gonçalves se posicionar.

A esposa de Lud, em publicação nos stories do Instagram, argumentou que acredita no suposto boicote sobre a funkeira, que não foi indicada nas categorias ‘Música do Ano’ e ‘Cantora do Ano’ – esta última conquistada pela artista em 2019, mas que desde então não foi mais nomeada.

“Mais um ano, né?! E olha que eu não vou nem entrar nesse assunto de boicote que SEMPRE está presente na vida da Ludmilla porque por mais que existam pessoas que estão começando a ver isso de forma CLARA, tem muitas pessoas ainda que não estão preparados para essa conversa”, iniciou Brunna Gonçalves. 

Bruna destacou as conquistas da esposa com os projetos musicais lançados nos últimos meses, frisando que a cantora tem sido ignorada em premiações. “É incontentável o sucesso do ‘Numanice’, ‘Rainha da Favela’, os números que a Lud alcançou durante esse tempo, o jeito como ela se doa pra cada performance, pra chegar na hora das indicações eles simplesmente ignorarem isso tudo, chegando até repetirem os mesmos indicados do ano passado em algumas categorias, isso é inaceitável!”, lamentou a dançarina e companheira de Ludmilla.

Por fim, Brunna adiantou sua defesa em torno de possíveis interpretações em forma de críticas contra os nomes indicados nas categorias do Prêmio Multishow. “Já adianto que não estou desmerecendo o trabalho de ninguém, mas isso não é justo! Temos vários artistas que também merecem esse espaço! Mais um ano de decepção!”, disse.

O Prêmio Multishow acontece no dia 8 de dezembro, sob comando de Iza e Tatá Werneck.