Nem Te Conto

Bruno Gissoni abre o coração e fala sobre filha e casamento

'Independentemente de eu estar vivendo outras histórias e a Yanna também, a família sempre esteve ali', disse ator

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O ator Bruno Gissoni vive uma fase especial em sua vida pessoal e profissional. No ar como o poeta galanteador Uirapuru e prestes a estrear como diretor, o galã global revelou ao 'Uol' que amadureceu seu conceito de família e passou, desde o nascimento da filha Madalena, a se importar unicamente com o sentimento que tem por ela e pela mulher, Yanna Lavigne, com quem se casou recentemente.


"Quando era mais novo, eu era mais conservador, tinha uma cabeça mais arcaica. Hoje em dia, a palavra que define família é amor, seja como ela for: com os pais casados, com pais do mesmo sexo etc. Independentemente de eu estar vivendo outras histórias e a Yanna também, a família sempre esteve ali, unida, presente. Quando casamos, foi só uma mudança de status, porque a família sempre existiu e nunca foi abalada", contou.

Sobre a chegada da herdeira, ele reforçou que mudou sua visão completamente: "sabemos que esse momento passa rápido e é um dos mais deliciosos. A vida é feita de etapas, e cada uma delas tem uma transformação mental, física, espiritual. Minha filha veio me dar mais essa etapa, que está sendo a maior transformação da minha vida. O tempo que tenho com ela é o meu lazer, o meu momento de calma, de amor, de brincadeira. Estar com ela é quase uma terapia. [Madalena] é um ser lotado de luz. Só tenho a agradecer todos os dias por viver esse".