Nem Te Conto

'Busquei a terapia quando já estava depressiva', revela Bruna Marquezine

Bastante ativa nas redes sociais, a atriz contou que sempre teve medo de se tornar refém delas

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Nas telinhas desde os 8 anos de idade, Bruna Marquezine está se preparando para uma reviravolta em sua carreira. Capa da 52 edição da Revista Cidade Jardim, a atriz fez revelações sobre sua vida que vão muito além do que se posta nas redes sociais em entrevista à Bruno Astuto.

Foto: reprodução
Bastante ativa nas redes sociais, a atriz contou que sempre teve medo de se tornar refém delas. "O mais precioso, na verdade, é o meu equilíbrio, minha saúde mental. Então, eu me policio para não ser sugada pelo algoritmo (...) Por mais que eu tenha vivido momentos de grande exposição, nunca foi por uma escolha minha, mas uma decisão de terceiros".

Bruna também abriu o coração para falar sobre saúde mental e comentou que uma das coisas que mais a ajuda é fazer terapia. "Infelizmente, busquei a terapia num momento em que já estava depressiva. Era uma urgência. Tive distúrbio alimentar, distúrbio de imagem e estava muito mal. Você quer sair dali, daquele lugar e não sabe como, mas quer também entender o que a levou àquilo. Acho que a gente é tão mais útil quando se entende. Terapia é o maior investimento que você pode fazer em si mesma".

 

Durante a entrevista, a atriz também compartilhou suas ambições na carreira neste momento de sua vida. "Eu não conseguiria entrar numa novela agora, sabe? Chegou um momento em que fiquei com medo de descontar meu cansaço ou o excesso de exposição no meu amor pela arte. Sou mais do que grata por todas as novelas que fiz, mas preciso também conhecer outras formas de fazer o meu ofício, de experimentar.”