Nem Te Conto

Carlinhos Maia ironiza haters: 'estou rico e ando de carro blindado'

Influencer abriu o verbo sobre as pessoas que não gostam de seu trabalho

Agência O Globo
- Atualizada em

Levando em consideração a influência do Instagram na comunicação do mundo globalizado, Carlinhos Maia é a segunda pessoa mais famosa do universo virtual. Os vídeos que o alagoano coloca nos stories de sua conta só o deixam atrás (em número de visualizações) da socialite americana Kim Kardashian. Nas imagens postadas diariamente, o digital influencer e humorista da cidade de Penedo, a 169km de Maceió, mostra o cotidiano simples e engraçado de seus vizinhos. De passagem pelo Rio, ele faz neste sábado (27) duas apresentações (às 19h e às 21h) de seu show no Imperator, no Méier, na Zona Norte, contando no palco casos que misturam a vida simples do interior e a fama que alcançou.

— Nos últimos seis meses, estive 24 vezes no Rio. Essa cidade é especial demais para mim. O público vê muitos artistas aqui, mas não se reconhece neles. Vejo que eu e os cariocas nos identificamos — avalia Carlinhos.

Foto: Reprodução | Redes Sociais 

Por conta do sucesso na web, ele já está na TV em “Os Roni” (Multishow), prepara um talkshow também para a telinha e uma biografia escrita por Gabriel Chalita, que será dividida em três volumes.

— A primeira vez em que li um livro na vida foi “O pequeno filósofo”, do Chalita, há alguns dias. Eu queria alguém que colocasse alma nas palavras, e Chalita é esse cara — aposta Carlinhos, que acrescenta: — A TV está precisando de novos ídolos, como Maisa Silva, por exemplo. Eu também estou preparado para ser uma nova cara.

No meio de tanto trabalho e da curiosidade sobre os detalhes mais íntimos de sua vida pessoal, gerada por tanta exposição nas redes, Carlinhos revelou ao público, em fevereiro, seu relacionamento de dez anos com o modelo Lucas Guimarães. O anúncio foi feito com a postagem de um vídeo em que o alagoano pedia o amado e conterrâneo em casamento. Apesar do romantismo da ocasião, ele foi duramente criticado por militantes LGBTQI+ por conta de falas como “sou gay que gosta de homem”. E ainda tem sido.

— Hoje, já entendi que quando eu for me expressar tenho que falar para muitos e por muitos. Mas tem gente que quer me ensinar através de ataques, e eu ignoro. Muitas pessoas estão ficando tão cruéis quanto os seus opressores. Quando me atacam, no fim das contas, não conseguem, porque atacam a eles mesmos. Eu estou bem, rico, ando de carro blindado... As pessoas que me assistem têm respeito por mim. Então, acabam (os fãs) olhando para esses gays que ficam vaiando as pessoas e pensam: “Meu Deus!”. Existe uma porcentagem podre, e essa a gente não vai respeitar — critica Carlinhos, que vai se casar em maio, na cidade de Piranhas (AL), banhada pelo Rio São Francisco: — Deixei tudo para Lucas resolver. A única exigência que fiz foi que a decoração fosse de girassol.