Nem Te Conto

Cid Moreira fala de acusações dos filhos sobre madrasta: "Eu estou no comando"

Apresentador nega a demência e o fato de estar em cárcere privado com a esposa, Fátima Sampaio Moreira

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O apresentador Cid Moreira postou um vídeo em sua rede social nesta quarta-feira (21) comentando as acusações feitas pelos filhos. Ele nega a demência e o fato de estar em cárcere privado com a esposa, Fátima Sampaio Moreira.


Nas imagens, ele aparece sentado ao lado de Fátima, que pergunta: "Ih, amore mio, o negócio tá feio para mim lá fora, hein?". Aos 93 anos, o jornalista responde: "Não sei por quê. Você foi a minha escolhida, né? Estamos juntos" 

Na sequência, Cid é incisivo ao dizer que quem cuida dele é a esposa. Fátima acrescenta que o marido tem a opinião própria e o apresentador complementa: "Claro, minha opinião é que sempre prevalece aqui. Eu não aceitaria viver com uma mulher se eu não tivesse essa autoridade".

Ela ri e brinca: "Opa, isso vai dar DR". Cid também se diverte e acrescenta: "Eu sou o presidente". 

Sobre as acusações feitas na Justiça pelos filhos de Cid, Roger e Rodrigo Moreira, ela diz que está tomando as providências necessárias. "A história dos meninos é tão longa, não se fala em capítulos. E cada um tem o seu drama, vocês têm as suas histórias aí para resolver, não é mesmo? Puxa vida, não sei mais o que dizer", fala Fátima.

Entenda o caso

Os filhos do apresentador Cid Moreira entraram com um processo na vara de família de Petrópolis, do Rio de Janeiro, pedindo a interdição do pai e a prisão da madrasta, Fátima Sampaio Moreira. De acordo com informações do site UOL, o documento foi protocolado nesta terça-feira (20). Roger e Rodrigo Moreira, filhos do jornalista, alegam que o pai de 93 anos enfrenta sintomas de demência e que tem a liberdade limitada por atitudes de Fátima.

Além do pedido de interdição, o processo aponta tutela de urgência. Os filhos argumentam que o apresentador não teria "mínimas condições" de administrar os próprios bens. E que Fátima Moreira mantém o marido em "cárcere privado". O processo também diz que ela, 40 anos mais jovem, teria se casado com Cid motivada por "interesses econômicos".

O processo indica inúmeras acusações, entre elas de estelionato, apropriação indébita e formação de quadrilha. A ação possui a assinatura do advogado Ângelo Carbone e solicita o bloqueio imediato dos bens durante a investigação.


Confira o vídeo de Cid e Fátima na íntegra: