Nem Te Conto

Claudia Leitte se posiciona após ser xingada de genocida: 'Críticas seletivas'

Após vídeos circularem na web, a artista foi duramente criticada pelos internautas e viu seu nome entre os assuntos mais comentados do Twitter, com usuários inclusive a chamando de genocida

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Um vídeo de um show de Claudia Leitte em São Paulo rendeu críticas e xingamentos à cantora nas redes sociais. Após vídeos circularem na web, a artista foi duramente criticada pelos internautas e viu seu nome entre os assuntos mais comentados do Twitter, com usuários inclusive a chamando de genocida.

A hashtag “ClaudiaLeitteGenocida” alcançou o primeiro lugar entre os assuntos mais debatidos na rede social e gerou diversos embates entre defensores e acusadores da baiana.

Em nota, a assessoria da cantora chamou as críticas de "seletivas" e lembrou que outros shows, assim como rodeios e jogos de futebol com torcida, estão acontecendo em todo o Brasil.

"A cantora Claudia Leitte realizou um show em formato trio no estacionamento do Espaço das Américas no último sábado, 27, respeitando todas as normas de saúde impostas pelo Governo do Estado de SP. Só era possível entrar no local comprovando a vacinação completa da covid 19 e, além disso, o evento foi feito com capacidade reduzida, com apenas 3 mil pessoas", diz a nota.

"É válido mencionar que assim como o show de Claudia, outros tantos vêm acontecendo no Brasil e não foram criticados ou colocados em xeque em relação aos cuidados com a saúde do público. E não só shows, como também rodeios e estádios de futebol. Claudia é um artista responsável e ciente de seu papel, jamais faria um evento sem a autorização dos órgãos atribuídos e sem os cuidados necessários. Cabe apenas refletir sobre essas críticas seletivas e aos ataques, totalmente inconcebíveis e desrespeitosos com a artista", completa a assessoria da cantora.