Nem Te Conto

Claudia Rodrigues acusa segurança de shopping de agressão

Empresária afirma que a atriz ficou muito abalada com o ocorrido

Michael Sá, da Agência O Globo
- Atualizada em

A atriz e humorista Claudia Rodrigues, de 47 anos, afirma ter sido agredida por um segurança do shopping Crystal, de Curitiba. Segundo a empresária da artista, Adriane Bonato, que presenciou o ocorrido, Claudia foi ao shopping com ela e a filha na tarde da última segunda-feira para receber uma homenagem quando foi impedida pelo segurança de tirar foto no painel de uma revista que prestava homenagem à atriz. Ela narra que sem mais nem menos o segurança usou da autoridade para impedir Claudia de se aproximar do painel.


"Ele não deixou ela tirar foto. Mesmo assim, eu a posicionei para tirar uma foto, quando eu virei, ele já abriu os braços em cima dela, empurrando ela para cima do painel. Ela tropeçou e só não caiu no chão porque tinha o painel e a filha, que a segurou na hora. Aí eu voltei e disse: tira a mão dela". Adriane conta que nesse momento um outro segurança se aproximou intimidando-a. "Ele disse que se eu não falasse baixo eu ia ter consequências graves. Então, eu comecei a falar isso alto ali para todos ouvirem."

Segundo Adriane, o segurança sabia que se tratava da humorista Claudia Rodrigues e chegou a dizer isso para elas na hora da confusão. A empresária afirma ainda que a atriz ficou muito abalada com o ocorrido. Após o episódio, a representante da artista diz que procurou a polícia para prestar queixa de agressão e assédio moral e que pretende abrir um processo criminal contra o segurança e o shopping.

Adriane conta que uma funcionária do shopping a procurou minutos depois do ocorrido para se desculpar e dizer que tomará as medidas cabíveis contra o segurança. Segundo ela, no dia seguinte o shopping ainda entrou em contato com a artista para tentar fazer um "acordo amigável". "Já pedimos as filmagens, solicitamos o nome completo e o endereço do funcionário, enviamos uma notificação extraoficial e vamos protocolar a ação contra o shopping e contra o segurança. O que aconteceu foi um absurdo e não pode ficar impune", diz a empresária.

Apesar do susto, Claudia, segue bem de saúde. "Levei ela para o hospital em São Paulo para ela alguns exames e, graças a Deus, está bem saúde. Mas ela ficou muito abalada com o que aconteceu". Portadora de esclerose múltipla, Claudia Rodrigues se submeteu em 2015 a um transplante de células-tronco na tentativa de fazer com que a doença, que não tem cura, não se manifestasse mais. A atriz passou meses em tratamento em São Paulo. E segue sob cuidados especiais para evitar surtos e, consequentemente, sequelas da doença, como dificuldades na fala e de locomoção.

Através de nota oficial, o shopping disse "que o funcionário agiu com respeito e seguiu os protocolos de segurança previstos no regimento interno, relativos à produção de imagens no estabelecimento".