Nem Te Conto

Clima esquenta e Paula e Hariany discutem no 'BBB 19'

'Não vou aguentar palhaçada', disparou Hariany durante a briga

Agência O Globo
- Atualizada em

O clima esquentou na cozinha do "Big Brother Brasil 19" entre Paula e Hariany e tudo começou perto do fogão. Além dos trocadilhos, a mineira não gostou nada quando a goiana palpitou sobre a quantidade de arroz que estava sendo feita. Foi então que começou uma troca de farpas.

"Ah, se você quiser fazer arroz, faça! Mas não tem iniciativa deixa que eu faço em paz", reclamou Paula. "Você não quer ajuda, então você faça sozinha também", rebate Hariany. "Eu chamei e você ficou lá. Agora, se quiser fazer, faça", avisa a mineira. "Pode deixar que eu faço um muito melhor do que o seu", finaliza a goiana. A briga que começou por causa de uma receita, aumentou quando o tom da conversa também subiu.


"De deboche para o meu lado não vem, não. Não é porque eu sou sua amiga que eu vou aguentar as suas palhaçadas. A gente tem que ser madura e aceitar opiniões. Ninguém fala pra te atrapalhar é pra te ajudar", disse Hariany, que também reclamou de Paula ter gritado: "Só não grita comigo".

"Se eu tiver a fim de gritar, eu grito. Se quiser retrucar, retruca", disse Paula. Mais tarde, as amigas logo se resolveram. Paula pediu desculpas pela forma como se comportou e culpou o estresse da reta final do programa. Faltam nove dias para o fim do reality.

"Estou estressada, estou cansada de mim. Estou me sentindo insuportável. Não estou aguentando ouvir a minha voz. Aí eu queria fugir, sumir da casa. Fui lá para o quarto azul e depois vim para cá. Não queria ficar lá com vocês. Desculpa se você sentiu desrespeitada, mas eu precisei dar um grito porque não estou conseguindo".

A bacharel em direito explicou ainda seu momento de carência. "Tem três dias que todo mundo está discutindo comigo. Ninguém quer me ouvir falando. Aí eu vou falar que não me sinto carente: todo mundo não quer saber, já começa a falar de saudade. O aniversário do meu pai sexta-feira, isso está me deixando mais estressada", disse Paula, que se emociona.

Hariany aceita o pedido de desculpas da amiga e aproveita para aconselhá-la. "Se você está se sentindo triste, não precisa dar uma de fortona. Pode chegar para mim e falar. Não fico falando sobre atitudes que você faz, deixa de fazer. Porque a gente quando fica nervosa, tem que falar as coisas, mas medir para não magoar as pessoas. Eu sou a menina mais trouxa do mundo. Você me bate, eu venho aqui, te peço desculpa porque você me bateu. Eu te peço desculpa, mas eu não gosto de falta de respeito".