Nem Te Conto

Clima na Família Montagner pelo Sul do Brasil é de 'emoção e tristeza'

O astro da novela "Velho Chico" da TV Globo foi encontrado morto, na quinta-feira, depois de mergulhar no Rio São Francisco

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)

A morte do ator Domingos Montagner causou comoção não só de fãs e amigos, mais entre os membros da 'Família Montagner' que moram no Sul do Brasil. No Facebook, um grupo com mais de mil membros reúne nesta sexta-feira (16) diversos parentes com o sobrenome do artista. "Estamos todos em luto, pois além de termos o mesmo sobrenome, ele levou nosso sobrenome para a televisão",  disse Jorge Eduardo Montagner, de 25 anos, ao 'Ego'.O astro da novela "Velho Chico" da TV Globo foi encontrado morto, na quinta-feira, depois de mergulhar no Rio São Francisco, perto de Canindé. O caso será acompanhado pela delegacia da região, que já instaurou um inquérito para apurar a morte de Domingos.


Saiba tudo sobre a morte do ator Domingos Montagner aqui.

Ainda de acordo com a informações da SSP/SE, o laudo da morte do ator foi liberado na madrugada desta sexta-feira, por volta das 4h. Segundo José Aparecido Cardoso, diretor do Instituto Médico Legal (IML) de Sergipe, para onde o corpo de Domingos foi levado, o laudo da necrópsia apontou que o ator morreu vítima de afogamento mecânico. No corpo dele foi encontrado com água nos pulmões e na traquéia.O laudo do exame de necrópsia e outros laudos periciais serão encaminhados para o delegado responsável pela Delegacia de Canindé, que tem até 30 dias para finalizar o inquérito sobre a morte do ator.