Nem Te Conto

Companheira de jogador o acusa de violência doméstica durante quarentena

O casal que estava junto há dois anos passava a quarentena juntos em meio à pandemia do coronavírus

Agência O Globo

Na noite da última segunda-feira, Daniela Cortés foi às redes sociais denunciar o parceiro Sebastián Villa, atacante do Boca Juniors. A mulher acusa o jogador de 23 anos de violência doméstica, registrando as marcas de agressões físicas. O casal que estava junto há dois anos passava a quarentena juntos em meio à pandemia do coronavírus.

"Infelizmente tenho que fazer isso hoje, porque não aguento mais! Foram dois anos vivendo juntos, com muito sofrimento, mas eu perdoei os golpes esperando uma mudança da parte dele e isso nunca aconteceu! Existem ameaças e ele diz vai fazer mal à minha vida e a da minha família [...]. Eu faço isso por medo deste homem, que nas redes parece um homem sábio e fala com maturidade, mas a realidade é outra. Um agressor físico e psicológico. E muitas pessoas são testemunhas! ", escreveu Cortés em seu Instagram.

Ver essa foto no Instagram

Lamentablemente me toca hacer esto hoy,porque ya no aguanto más!! Fueron 2 años viviendo juntos de muchos sufrimientos en los cuales perdone y perdone golpes esperando un cambio de parte de él y nunca pasó! Hay amenazas y todo diciendo que me va a dañar la vida y la de mi familia llamando a personas malas que trabajan en mi Cuidad haciendo que sólo entre en desesperación al ver a mi familia en peligro,hago esto por miedo porque este hombre quien lo ve en redes o prensa como si fuera un hombre sabio y habla con madurez pero la realidad es otra.Un maltratador tanto físico como sicólogico , y mucha gente está de testigo! No entiendo una persona “profesional” como es capaz de hacer tanto daño y que porque tiene malas amistades solo se dedica amenazar y humillar,siento un dolor muy grande tener que estar en un país que no conozco y donde estoy sola sin Mi familia y no poder viajar y salir corriendo con miedo que pase algo con mi vida y la de mi familia. Este es el verdadero Sebastian villa ,el que maltrata mujeres,porque no he sido la única. Yo solo le pedí a él y a sus empresarios ayuda para poder viajar a mi país y estar con mi familia y mi hija es lo único que necesito en estos momentos,ya no aguanto más me siento frustrada ante esta situación. No tengo otra opción por el bienestar de toda mi familia por que el es capaz de hacer cualquier cosa no saben la clase de hombre que es...

Uma publicação compartilhada por Daniela Cortes M (@danicortesms) em

A vítima afirma ainda que estava sozinha com o atleta em Buenos Aires, na Argentina, e que gostaria de voltar para a família, que e de outra país.

"Sinto uma dor por estar em um país que eu não conheço e onde estou sozinha, sem minha família e sem poder viajar e fugir, com medo de que algo aconteça com eles. Este é o verdadeira Sebastián Villa, que maltrata as mulheres, porque eu não fui a única".

Sebastián Villa chegou ao Boca há duas temporadas e meia. Em resposta, o jogador colombiano publicou um breve vídeo negando as acusações.

"Eu tenho minha mãe, minhas irmãs... Vou esclarecer que não estou em casa e que não sei com que intenção isso está sendo publicado. Será esclarecida a situação", disse ele.

Alexandra Marín, ex-namorada de Villa, apareceu depois de ler a queixa de Daniela Cortés e explicou que terminou com o jogador também devido à violência de gênero:

"Em algum momento ele também me maltratou. Quero dizer às mulheres que, apesar de estarmos confinadas, não espere. Tomei a decisão na hora certa. Daniela me disse que ele contou a ela que encerramos o relacionamento porque eu tinha outros projetos...".