Nem Te Conto

Criança Esperança reúne artistas da música brasileira em sua 31ª edição

Com apresentações emocionantes e muita risada, o programa foi ao ar no sábado (2)

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A 31ª edição do programa Criança Esperança foi ao ar na noite do sábado (2). A apresentação do programa foi conduzida por Lázaro Ramos, Leandra Leal, Dira Paes e Flávio Canto, padrinhos da campanha desde o ano passado. Esta edição contou com o tradicional mesão dos artistas, que ficaram o dia inteiro atendendo as ligações dos telespectadores. 

A abertura do programa ficou por conta do cantor sertanejo Luan Santana, que emocionou o público com uma música inédita 'Enquanto há tempo'. 

Na sequência, Carlinhos Brown liderou os vociais junto com os participantes do The Voice Kids, Wagner Barreto vencedor do programa, Rafa Gomes, Pérola Cristaldi, Felipe Adetokunbo, Enzo e Éder, Ryandro, Luna, Malu Cavalcanti e Luiza Prochet. Os cantores Michel Teló, Paula Fernandes, Diogo Nogueira, Mumuzinho, JP Rufino, Marcelo Jeneci, Lucy Alves, Luan e Forró Estilizado e Ana Carolina também se apresentaram no palco. Além de um dueto especial da dupla Chitãozinho & Xororó e do cantor Bruno Boncini, ex-vocalista da banda Malta, cantando Evidências.

A sambista Alcione fez uma apresentação emocionante da música 'Rap da Felicidade', clássico do funk nacional na voz de Cidinho e Doca.

Quem chamou atenção foi a cantora Anitta ao se apresentar com a música Perigosa e levar para o palco dançarinas plus size, representando o empoderamento e desmistificando a ideia do corpo ideal. 

Um dos pontos altos do programa foi a apresentação da nova 'Escolinha do Professor Raimundo', que arrancou gargalhadas do público trazendo o hit 'Pelados em Santos', da banda Mamonas Assassinas. O idealizador do projeto Criança Esperança não podia deixar de falar e ao fim do programa, deixou uma mensagem motivacional. "Essa campanha não é de ninguém. Ela é de todos. É de todo mundo que participa, que mobiliza, que vibra, que doa seu tempo, que acredita num mundo mais justo e mais digno, como eu acredito. A campanha contribuiu para a criação do Estatuto da Criança e do Adolescente, que passou a garantir os direitos da criança e elas começaram a ser ouvidas", declarou.  

O encerramento do programa ficou por conta de Martinho da Vila e a banda Sorriso Maroto, que cantaram juntos a música 'Canta, Canta Minha Gente'.