Nem Te Conto

Cristiana Oliveira se diz cansada de lutar contra a balança e planeja casamento

De alguns meses para cá, a atriz, carioca, se divide entre o Rio de Janeiro e São Paulo

Patrícia Kogut, de Agência O Globo

Era hora do almoço desta quinta-feira, 21, e Cristiana Oliveira estava desembarcando em São Paulo, vinda do Rio de Janeiro. No aeroporto, sentiu uma fraqueza e teve de interromper esta entrevista até que o mal-estar passasse. Era uma crise de hipoglicemia, explicou, meia hora mais tarde, já instalada em seu apartamento, no Morumbi:

Foto: Arquivo Pessoal

- Me senti mal porque estou numa dieta muito restritiva. Luto contra a balança desde sempre e estou cansada. Aos 55 anos, queria curtir a vida e comer livremente, mas não dá - ri. - Sou pré-diabética e tenho que me cuidar. Melhorei minha alimentação e já perdi 11kg. Ainda faltam cinco para alcançar meu objetivo final. Entrei na menopausa e o descontrole hormonal dificulta o emagrecimento, mas é isso aí. 

De alguns meses para cá, a atriz, carioca, se divide entre as duas cidades. No Rio, mantém uma casa na Barra da Tijuca, na Zona Oeste, onde fica a filha caçula, Antonia, e começará a gravar "Topíssima", novela da Record. Em São Paulo, divide um apartamento com a mais velha, Rafaella, e o neto, Antonio, de 3 anos. Foi também onde conheceu o empresário Sérgio Bianco, que define como "namorido".

-  Chamo o Sérgio de 'marido'. Ele me chama de 'esposa'. Mas por enquanto estamos em casas separadas. Vamos casar, esse é o projeto, embora ainda sem data acertada - explica.

Os dois foram apresentados há pouco mais de um ano por amigos comuns. Começaram uma parceria comercial: são sócios numa empresa de cosméticos e de bijuterias. Quatro meses mais tarde, estavam juntos:

- No início, era amizade. Mas a gente se apaixonou.  A maturidade é maravilhosa. Estou mais tranquila, feliz, plena mesmo. O Sérgio é como eu: alegre, para cima. Ele acolheu minhas filhas, que o adoram. A gente é amigo, é amante, é tudo.

Depois do carnaval, a atriz começará a gravar a novela em ritmo intenso. Sua personagem, Lara Alencar, é, segundo ela, "uma perua, um pouco do mal, uma personagem com uma dose de comédia, difícil de fazer". Com a vida tão cheia, ela teve de interromper a atividade de palestrante, que a levou a falar sobre autoestima para plateias do Brasil todo:

- Mas tenho saudade. Se eu não fosse atriz e empresária, faria isso.