Nem Te Conto

Demi Moore revela que mãe negociou seu estupro por R$2 mil

Atriz alcançou fama mundial ao protagonizar o filme "Ghost - Do Outro Lado da Vida"

Agência O Globo
- Atualizada em

Mais um triste capítulo da vida de Demi Moore veio à tona. Em participação no programa " Good morning, America " em função do lançamento de sua autobiografia, " Inside Out ", ela detalhou como foi o estupro que sofreu aos 15 anos. Por trás do crime, estava sua mãe, que recebeu US$ 500 (cerca de R$ 2 mil) pela virgindade da filha.

Na época, o pai havia abandonado a família, e a mãe era alcoólatra. Um dia, ela chegou em casa e lá estava seu estuprador. O acesso ao lar foi dado pela própria mãe da atriz, e o homem chegou a perguntar: "Como você se sente em ser prostituída pela própria mãe por US$ 500?".

No programa de TV, no entanto, Demi disse não acreditar que a mãe a vendeu.

"Do fundo do meu coração, não acho que tenha sido uma transação planejada. Mas ela realmente deu acesso a ele", falou ela.

Foto: Reprodução

A mãe da atriz tentou suicídio pela primeira vez quando a menina tinha 12 anos. "Eu me lembro de usar meus pequenos dedos, dedos de uma criança, para tirar da boca dela os comprimidos que tentou engolir".

Obsessão com peso

Ao jornal "The New York Times" , dias atrás, ela falou sobre os vícios e obsessões. No início da carreira e nos tempos áureos de sua participação no cinema (só por "Strip Tease, filme de 1996, acredita-se que ela ganhou US$ 12 milhões), Demi era viciada em álcool, cocaína e obcecada com o peso. "Meu valor estava atrelado ao meu corpo", disse ela, que começou um processo de cura gradual a partir de 2012.

O livro será lançado oficialmente no dia 24 de setembro nos EUA e ainda não há previsão de edição em português.