Nem Te Conto

Ela faz o protesto dela: Antonia Fontenelle aparece com a boca vedada após sofrer processo

Fontenelle terá que pagar R$ 20 mil a cada vez que citar o nome de Luciana Gimenez

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Na última quinta-feira (13), a apresentadora Luciana Gimenez venceu um processo na Justiça que proíbe que a também apresentadora Antônia Fontenelle fale o seu nome. A viúva de Marcos Paulo reagiu com bastante deboche: ela fez uma live em seu Instagram, onde apareceu com a boca tampada por fita adesiva.

Durante a live, Antônia ficou em silêncio por cerca de 20 minutos como forma de protesto. Depois, ela falou: "sabe quando alguém vai me esculachar? Nunca! Estou [pagando] para ver". 

A confusão começou quando o político Jorge Kajuru chamou Luciana de "garota de programa" no canal de Antônia Fontenelle. Depois dessa situação, a apresentadora do Superpop entrou com ações contra Antônia e Kajaru - e venceu as duas. Caso a dona do "Na Lata" cite o nome de Luciana, terá que pagar R$ 20 mil. 

Conhecida por não ter papas na língua, Antônia ainda disse que o protesto foi para quem "chancelou esse pedido absurdo". Ela comentou que não tem nada contra Luciana Gimenez e que não tem o que falar dela, por isso não irá recorrer na Justiça. 

"Se você juntar de Superpop e Luciana By Night deve ter no mínimo uns 50 programas meus. Eu sempre fui lá responder perguntas idiotas, e não era para falar de vida profissional, não. Era para rasgar minha vida pessoal. Porque eu sempre soube que a minha luta não seria no programa de Luciana que eu conseguiria credibilidade. Eu ia para ajudar na audiência", completou.