Nem Te Conto

Em depoimento, Duda Reis afirma ter sido dopada e estuprada por Nego do Borel, diz jornal

De acordo com informação divulgada telejornal, situação teria acontecido durante uma viagem em 2019

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Em depoimento dado na Delegacia da Mulher, em São Paulo, Duda Reis revelou ter sido dopada com remédios e estuprada por Nego do Borel durante uma viagem realizada pelo então casal para Portugal em 2019. A atriz registrou um Boletim de Ocorrência contra o cantor nesta quinta-feira (14). As informações são do programa 'Balanço Geral SP'.

De acordo com o suposto depoimento que o programa teve acesso, Duda disse que usava alprazolam sobre recomendação médica, remédio indicado para combater ansiedade e transtorno do pânico. Durante o passeio, Nego teria incentivado a jovem a tomar mais doses, o que a deixou dopada. Ele teria mantido relações sexuais não consentidas com a atriz e continuou mesmo quando ela pediu que parasse.



Confira trecho do suposto documento lido durante o telejornal:


"Durante a mesma viagem, o autor [Nego do Borel] forçou a vítima a acompanhá-lo em um show e que, perante a recusa da vítima, o autor a empurrou contra um cabideiro no local onde eles estavam. Ela caiu sobre o solo, resultando em lesão em suas costas e pernas.

Mesmo machucada, a vítima ainda foi obrigada a acompanhá-lo ao show, ela estava dopada pelo medicamento alprazolam, mas durante o percurso pedia para sair do veículo e retornar ao hotel. Ao parar o veículo, o autor a forçou a sair, mas ela se recusou. A equipe que estava com o autor impediu que ele a abandonasse em um local deserto. O autor dizia que as crises psicológicas e emocionais eram bobagem".