Nem Te Conto

Em documentário, Juliette chora por peso da fama: 'Não consigo ser como eu era antes'

Desabafo foi mostrado no quinto episódio do documentário "Você Nunca Esteve Sozinha", liberado pelo Globplay nesta terça-feira (27)

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Após vencer o Big Brother Brasil 21, Juliette se deparou com uma nova realidade. Milhões de seguidores, muitos compromissos e contratos para assinar. A mudança repentina de vida ainda deixa a paraibana no mínimo confusa. É o que foi mostrado no quinto episódio do documentário "Você Nunca Esteve Sozinha", liberado pelo Globplay nesta terça-feira (27).

Em uma das cenas do doc, Juliette chora ao desabafar sobre a vida de famoso. Não consigo ser amiga como eu era antes, não consigo ser filha como eu era antes. Não consigo ser irmã como eu era... Não consigo ser muita coisa que eu era antes. É um pouco angustiante. Tem uma equipe de muitas pessoas, e cada uma vai cobrar porque é o trabalho dela. O fotógrafo vai cobrar a foto legal, o vídeo vai cobrar um vídeo legal, o doc? a música, uma publicidade. Todo mundo tem o seu pedacinho. Mas todos esses pedacinhos são tirados de mim. Esse é o peso de uma vida artística", disse.

Juliette também demonstra cansaço físico e chegou a pedir alguns minutos para dormir um pouco a mais.  No entanto, a paraibana fez questão de reforçar que está feliz. "Fico com medo de falar a parecer que não estou feliz, que não estou satisfeita. Estou muito feliz e satisfeita. Sou capaz de passar tudo isso de novo por ver o que está acontecendo de positivo na vida de todo mundo, das pessoas sendo respeitadas. Mas eu sei que para isso perco um pouco de mim".