Nem Te Conto

Em nova partilha, Zilu teria direito à casa em que Zezé mora e cachês de shows

Começou um novo round na guerra entre o ex-casal

Agência O Globo

Com um novo round na guerra entre Zezé Di Camargo e Zilu, sua ex-mulher, o patrimônio de R$ 65 milhões que o sertanejo tinha em 2017 (ano do último acordo) volta a ser notícia. Só em empresas, ele e Zilu são sócios com capital social de R$ 57 milhões, que inclui empresas artísticas e construtoras em São Paulo e no Rio Grande do Norte.

Foto: Reprodução | Instagram

Zezé chegou a lançar empreendimentos imobiliários, como um condomínio de luxo, há dois anos em Natal. A partilha de bens, que deixou Zilu na época com R$ 30 milhões, está sendo questionada pelo advogado dela, pois a alegação é de que Zezé deixou para a musa de “É o amor” firmas falidas e com dívidas trabalhistas. Por isso, a casa de Zilu em Alphaville (que possui até elevador privativo) foi penhorada para sanar esse imbróglio judicial.

A casa de Zilu vale R$ 3 milhões. Caso a partilha anterior seja revogada e se faça uma nova divisão, a influenciadora digital terá direito aos dividendos e lucros das empresas agropecuárias de Zezé e ainda parte dos cachês de shows, como os do projeto Amigos, cujo cachê dos cinco (Zezé, Luciano, Leandro, Chitãozinho e Xororó) é de R$ 1,8 mil por apresentação, e aos bens adquiridos após a separação, já que os dois se casaram em 1982 com comunhão total de bens.

No patrimônio de Zezé estão a fazenda É o Amor, de 1500 hectares e 6 mil cabeças de gado, em Goiás, a mansão também em Alphaville, que ele mora com Gracielle Lacerda e que seria avaliada em R$ 15 milhões, além das empresas artísticas. Zilu levaria mais R$ 15 milhões para sua conta bancária, além da pensão, hoje afixada em R$ 40 mil.
Seria ainda renegociada a divisão dos imóveis que ficaram com cada um no último acordo, feito em novembro de 2017, o que inclui o apartamento que ficou para Zilu em Miami, e os carros adquiridos após o divórcio.
A disputa entre o ex-casal está longe de chegar a um fim, já que agora se tornou ainda uma saia-justa familiar, com os filhos tomando partido do pai, Zezé. Zilu tem hoje um trabalho voltado para saúde e bem-estar, além de uma empresa de marketing multinível de prodtos de beleza.