Nem Te Conto

Emilly é intimada a prestar depoimento na Delegacia da Mulher nesta segunda

Campeã do BBB, ela vai falar de caso de agressão envolvendo Marcos, seu affair na casa

Redação do Correio 24 Horas

Vencedora da 17ª edição do Big Brother Brasil, Emilly Araújo, 20 anos, foi intimada para prestar depoimento na segunda-feira (17), às 10h, na Delegacia da Mulher de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. A polícia investiga um caso de violência contra a jovem durante o período de confinamento. A informação é do Uol.

Emilly vai falar sobre as agressões físicas e verbais sofridas no BBB após uma briga com Marcos Harter, com quem tinha um relacionamento na casa, na madrugada do último domingo. Em decorrência da cena, Marcos acabou expulso do BBB. 


A delegada Marta Noeli, da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher, acha que Emilly não precisará fazer exame de corpo delito. "Ela já que foi examinada pelo médico na Globo, mas a Dra. Viviane quem vai decidir", afirma. 

Marcos prestou depoimento à delegada Viviane Pinto na quarta-feira. Ele ficou na delegacia por cerca de 3 horas. Depois de ouvir o ex-brother, ela falou sobre a investigação. "Quando a Polícia Civil tomou conhecimento de um possível delito de violência doméstica ocorrendo no interior do reality show, a diretora do departamento me ligou e nós analisamos brevemente os momentos e vimos sim que ali havia indícios do crime de lesão corporal praticados contra a participante Emilly. Por isso decidimos instaurar inquérito policial para apurar o crime de lesão corporal", explica. 

O inquérito foi instaurado na segunda e imagens das câmeras do BBB foram solicitadas. Emilly e Marcos tiveram intimações deixadas na Globo. A delegada afirma ainda que a expulsão de Marcos não foi decisão da Polícia Civil. "Quero deixar claro que a decisão pela expulsão dele foi unilateral da emissora", disse, na ocasião.

Casal em suspenso

Quando Emilly deixou a casa do BBB, campeã, Marcos não foi falar com a sister e ela também não o procurou. Em coletiva, a gaúcha disse que assim que saiu a irmã gêmea Mayla disse para ela "não fazer questão" de falar com Marcos. Na reta final do programa, um suposto áudio de Marcos declarando apoio a Vivian, rival de Emilly, circulou. Familiares do médico também se manifestaram em apoio à amazonense. 

Já nesta sexta, durante o Mais Você, Emilly disse a Ana Maria Braga que gostaria de conversar com o médico.  "Colocar tudo em pratos limpos", afirmou. "Me disse disseram que, no momento que ele saiu, ficou contra mim. Ele começou a fazer campanha contra mim: 'O Marcos está contra ti', me disseram", explicou. 

Marcos não fez nenhuma declaração pública sobre Emilly até o momento, exceto por um pedido de desculpas em uma nota que divulgou assim que foi expulso do BBB. "Como todo casal passamos por momentos de alegria, ansiedade, euforia e tensão. Jamais tive a intenção de machucar física ou emocionalmente uma pessoa pela qual nutri tanto carinho e afeto", afirmou. "O programa tem um formato destinado a levar o nosso emocional ao limite, e consequentemente os nervos à flor da pele", falou. "Peço desculpas a todos os envolvidos, Emilly, sua família, demais participantes e a todo o Brasil."