Nem Te Conto

"Eu não sou gay", diz Bruno Miranda, o Borat de 'Amor e Sexo'

Na atração Bruno aparece vestido apenas com um maiô verde cavadíssimo

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O mais novo sucesso entre a mulherada, Bruno Miranda, o Borat de 'Amor e Sexo', contou ao Ego nesta sexta-feira (19) que é modelo e professor de vôlei de praia. Ele revelou ainda que não fica intimidado com todo o assédio sobre seu bumbum. "Sempre falaram do meu bumbum. Agora falam muito. Até mesmo de calça ou sunga normal", contou. Na atração, ele aparece vestido apenas com um maiô verde cavadíssimo.


Apesar de não se importar com o frisson, ele admitiu que não gosta quando a admiração passa dos limites. "Uma vez aconteceu numa boate de chegarem já apertando e falando que tenho uma bunda linda. Falei: 'Você não pode apertar, imagina se todo mundo vier apertar? E se eu sou casado ou estou namorando? É uma falta de respeito'. Aí, ela pediu desculpas e falou que foi na empolgação. Foi uma mulher safadinha", lembrou.


Além disso, o modelo aproveitou para falar que está solteiro. "Com certeza está bem mais fácil de pegar mulher, está chovendo, pode chamar o Borat para sair", disse. Questionado sobre o comentários relacionados a sua sexualidade, o carioca disse que não se incomoda. "Sou hétero, mas é normal pensarem 'ah está ali, é modelinho, está na TV'... Ainda mais com aquele maiô e concluírem 'ah, é gay'. Eu não sou gay, sou solto, sempre fui solto, ainda mais em boate quem me encontrar vai me ver dançando", explicou.