Nem Te Conto

Ex-BBB Maycon é denunciado por crimes contra a paz pública e apologia

No reality show, Maycon confessou que perdeu a virgindade com uma cabra e, também, afirmou ter amarrado bombinhas no rabo de um gato

Agência O Globo
- Atualizada em

O Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou o ex-BBB Maycon Santos Oliveira Cesar Rocha por crimes contra a paz pública e apologia. A audiência aconteceu no último dia 7 de maio e deu ao mineiro 20 dias para se defender.

Enquanto estava no "Big Brother Brasil 19", Maycon confessou que perdeu a virgindade com uma cabra e, também, afirmou ter amarrado bombinhas no rabo de um gato. Ao ser criticado por alguns colegas, ele afirmou que "quem não fez isso não teve infância". Entidades de defesa dos animais entraram com pedido de abertura de inquérito na polícia civil para investigar o modelo.

Foto: Reprodução | Instagram 

O inquérito policial sobre o caso foi aberto na 32ª DP (Taquara) pelo próprio delegado da distrital, Maurício Mendonça, e encaminhado ao Ministério Público do Rio de Janeiro.

O documento do órgão cita ainda o uso de uma carta precatória para comunicação com o investigado, já que ele, que é mineiro, mora em São Paulo.

Casos de polícia no "BBB 19"

Assim como Maycon, Paula Von Sperling e Vanderson Brito estão envolvidos em casos de polícia. A Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) concluiu que houve preconceito por parte de Paula von Sperling, a vencedora da edição, contra Rodrigo França e, por isso, a ex-confinada será indiciada.

Já Vanderson Brito acabou expulso do programa por ter que sair e prestar depoimento por três casos de violência doméstica, no Acre.