Nem Te Conto

Ex de Felipe Araújo o acusa de agressão; defesa do cantor nega

Carolina Machezi também disse que o sertanejo pediu diminuição da pensão

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)


Carol Marchezi, ex do cantor Felipe Araújo e mãe do filho dele, revelou nas redes sociais nesta quarta-feira (10) que foi agredida de maneira moral e psicólogica pelo cantor. Além disso, ela também disse que não foi auxiliada financeiramente por ele durante o pré-natal e após o nascimento do pequeno Miguel, o sertanejo teria pedido redução do valor da pensão.

"O genitor do meu filho veio na minha direção, apontando o dedo no meu rosto, com tom de voz alterado, e dizendo a quem quisesse ouvir: 'Vou contratar os melhores advogados e vou tirar o Miguel de você'", disse Carol.

A defesa de Felipe negou as acusações de Carol e afirmou que Felipe sempre a auxiliou financeiramente. "A defesa ainda informa que Felipe jamais ajuizou qualquer ação para reduzir a pensão alimentícia do filho Miguel. Esclarece que quando a Sra. Carolina estava grávida de 7 meses, Felipe ajuizou uma ação de fixação de alimentos gravídicos. "A defesa de Felipe informa que paga mensalmente ao menor Miguel o valor fixado pelo poder judiciário, e, que mesmo sem realizar qualquer show há mais de 3 três meses vem cumprindo fielmente com o determinado pela decisão judicial. Quanto a alegação de que Felipe supostamente esta buscando a guarda do menor, notadamente se trata de uma inverdade descabida, vez que sequer cogitou essa situação, pois entende e concorda que o filho deve residir com a genitora", declarou à Revista QUEM.