Nem Te Conto

Ex de Tom chora ao ser acusada de envenenamento: 'Me chamaram de monstro'

Ela também negou ter um comportamento violento com Tom Veiga

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Em entrevista ao jornalista Roberto Cabrinia, no programa Domingo Espetacular neste domingo (11), a ex-mulher de Tom Veiga, Cybelle Hermínio, não conseguiu conter a emoção ao falar sobre as acusações de que teria envenenado e agredido o intérprete de Louro José. 

Foto: Reprodução

De acordo com o IstoÉ, a mulher classificou a história como 'mentirosa' e contou que sofre com xingamentos. Além disso, ela relatou que é a favor da exumação do corpo do ex-marido. 'Sou a principal interessada'.

"Nesse momento eu tenho jornalistas que me chamam de monstro, e pessoas que me definem como assassina, vagabunda, usurpadora", desabafou Cybelle.

Ainda segundo o IstoÉ, ela também negou ter um comportamento violento com Tom Veiga e minimizou os áudios em que o marido reclamava de agressões. "Nada disso é verdade. Nunca houve violência, de ambas as partes. Uma pessoa que realmente é agredida tem interesse em perguntar como a outra está, ir até você? Eu diria que é contraditório".

A ex-mulher de Tom Veiga desabafou sobre o caso de que teria atirado uma garrafa no ator.  "Óbvio que não. Se isso realmente aconteceu, por que ele não fez um boletim de ocorrência, um exame de corpo de delito?".

O jornalista ainda conversou com Alessandra Veiga, que foi casada com o ator durante 17 anos. Ela disse que o ex-marido realmente foi agredido por Cybelle, mas que nunca houve qualquer dúvida sobre um homicídio.

"Eu não acredito que ele possa ter sido envenenado. Eu não sei de onde surgiu que a família quer fazer uma exumação. Eu mesma não sou a favor", finalizou ela.