Nem Te Conto

Ex-empresária justifica ida à festa de Anitta e alfineta Leo Dias

Kamilla Fialho surpreendeu ao surgir na festa de aniversário da ex-funcionária

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A festa de aniversário de Anitta, na noite da quinta-feira (28), contou com uma presença que jamais foi pensada pelos fãs da cantora: sua ex-empresária, Kamilla Fialho. Nesta sexta (29), ela tratou de justificar sua ida ao evento, já que as duas se enfrentavam na Justiça até o fim do ano passado.


Além disso, Kamilla aproveitou para alfinetar o jornalista Leo Dias, que foi o responsável por escrever a biografia não-autorizada de Anitta. Em um trecho do post, a empresária diz: "Criar essa “Kamilla Fialho" mexeu tanto com o autor que ele acabou se desentendendo com Anitta. Lembro perfeitamente dos stories na madrugada a atacando por ela ter tentado que ele desistisse de lançar o livro".

Confira post completo da ex-empresária de Anitta:

"Nossos problemas, que foram expostos de forma tendenciosa e deram margem para o conteúdo publicado no livro, já estão há muito tempo resolvidos. Aliás, isso talvez tenha sido mais uma das genialidades da Anitta. A partir do momento que fui procurada por ela e nos entendemos, o livro perdeu o sentido. Acredito que até as pessoas que não sejam próximas a mim tenham se envergonhado de ter visto o nome deles em tamanha leviandade. Sabe aquela sábia frase da Marquezine? 'Você não tem vergonha de falar/escrever isso, não?' - Eu sinto o mesmo ao ouvir pessoas diferentes falarem sobre trechos do livro, que eu nem precisei ler para entender que é um compilado de mentiras. Sim, o nome é meu, Kamilla Fialho! Mas graças a Deus essa não sou eu, essa é a personagem criada por uma mente muito debilitada. Eu fico triste de ver pessoas fingindo que acreditam nisso só pra alimentar o ódio nas redes sociais. E isso me atinge pra caramba! Fico preocupada com o impacto que pode causar nos meus artistas, no meu trabalho, mas o que causa a maior de todas as minhas tristezas é como isso impacta minha filha. Ela vai fazer 16 anos, e desde os 11 é obrigada conviver com esse tipo de maldade. Criar essa “Kamilla Fialho" mexeu tanto com o autor que ele acabou se desentendendo com Anitta. Lembro perfeitamente dos stories na madrugada a atacando por ela ter tentado que ele desistisse de lançar o livro. E isso é também uma das coisas que mais me entristece: ver um homem fazendo de tudo para colocar duas mulheres, duas profissionais que trabalham honestamente, uma contra a outra. 2019, gente. Precisamos quebrar essa narrativa. Uma mente debilitada, capaz de criar tudo isso para crescer às custas do trabalho de duas mulheres, precisa de ajuda, tratamento, compreensão e carinho para quebrar esse ciclo vicioso. E é só isso que desejo a ele. Se tem uma única verdade nesse livro, é a intensidade que encaro meu trabalho. Mergulho de cabeça no projeto de cada artista e quanto mais alto ele quiser voar, eu vou fazer de tudo para conseguirmos. MESMO! Mas o primeiro e último passo é SEMPRE do artista, haja o que houver. Desde 2014 venho mudando e amadurecendo, mas nada diminui minha vontade de virar o jogo, seja ele qual for. Nunca diminuí o ritmo, nunca fiquei sem artistas que quisessem trabalhar comigo na @k2loficial e isso sempre provou que quem acredita em rumores sobre mim, são pessoas que não conhecem o meu trabalho. E dessas pessoas, não tenho obrigação de aturar desrespeito, não vivo da minha imagem e nem do meu Instagram. Vivo de acordar todos os dias e trabalhar. E vou seguir trabalhando! Ótimo final de semana a todos. Kisses!".